Rodoufo Alechandre "Falha Crítica" - Ahroun - Fenrir

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Rodoufo Alechandre "Falha Crítica" - Ahroun - Fenrir

Mensagem por Kurosatsunomori em Qui Abr 13, 2017 9:02 pm

Nome do Personagem: Rodoufo Alechandre
Nome Garou: Falha-Crítica
Nome do Jogador: Kurosatsunomori

Raça: Hominídeo
Augúrio e Aspecto: Ahroun – Lua Minguante
Tribo: Fenrir

Natureza: Ranzinza
Comportamento: Impulsivo
Conceito: Mercenário

Características
Idade: 25 anos (aparenta mais)
Nacionalidade: Alemão
Cabelos: Castanhos
Raça: Hominídeo
Olhos: Castanhos
Sexo: Masculino

Descrição:
Descrição:

Este é apenas um exemplo : Isso fica a critério do player, mas vale lembrar que os Garou são pesados, nenhum deles é a Olivia Palito.
.......................Altura:........................................... Peso:
Hominídeo:.......1,20m........................................... 48 kg
Glabro:.............1,35m.......................................... . 70 kg 1*
Crinos:.............2,00 m........................................... 140kg 2*
Hispo:.............. 1,40 m............................................... 140 kg 3*
Lupus:.............0,65m............................................. 28kg 4*



Atributos (7-5-3 qualquer ordem)

Atributos - Físicos (7)

- Força: 5 Braços Poderosos
- Destreza: 4 Velocidade
- Vigor: 1

Atributos - Sociais (3)

- Carisma: 4 Rústico
- Manipulação: 1
- Aparência: 1

Atributos - Mentais (5)

- Percepção: 2
- Inteligência: 1
- Raciocínio: 5 Sangue Frio

Habilidades (13-9-5 qualquer ordem, favor definir qual usou em cada um para facilitar nas contas.)

Talentos 13

Prontidão:
Esportes: 4 Provas de longa distância
Briga: 4 Briga de rua
Esquiva: 1
Empatia:
Interpretação:
Intimidação: 4 Ameaças físicas
Inst. Primitivo: 4 Mudar de forma
Crime:
Lábia:

Perícias 9

Empatia c/Animais:
Arqueirismo:
Artesanato:
Protocolo:
Liderança:
Armas Brancas: 4 Lança
Atuação:
Cavalgar:
Furtividade: 3
Sobrevivência: 3

Conhecimentos 5

Acadêmicos:
Enigmas:
Investigação: 3
Direito:
Linguística:
Medicina:
Ocultismo: 2
Política:
Rituais:
Ciência:


Antecedentes (5 pontos) +1

Tocado pela Wyld: 5
Recursos: 1 (mercenário)

Dons: 3 Dons de Nível 1

- Tribo =  
 Semblante de Fenris (nível 1) LoA.:
O Fenrir parece maior e mais temível, impondo respeito aos seus iguais e intimidando seus adversários. Um espírito-lobo ensina este Dom.
Sistema: O jogador faz um teste de Carisma + Intimidação dificuldade é a Força de Vontade do alvo. É necessário apenas um sucesso para afetar não-Garou e Garou de mesmo posto. Para afetar lobisomens de posto mais elevado, o jogador precisará obter um número de sucessos igual a duas vezes a diferença de posto entre o Garou e o alvo. Por exemplo, para um Garou de posto 1 afetar um Garou de posto 5, seriam necessários oito sucessos (bem improvável). Os aliados e os iguais afetados por este dom acham o Fenrir impressionante e nobre (bônus igual a -1 sobre a dificuldade de todos os testes sociais). Os adversários se detêm por um momento a fim de reunir a determinação necessária para combater tamanho monstro (e seus resultados de iniciativa perdem um ponto e as rolagens tem dificuldade +1). Este Dom dura uma cena.


- Raça =
Esconder o Lobo (nível 1) :
-Um Garou com este Dom pode temporariamente esconder todos os traços de sua Fúria, incluindo o medo instintivo que causa nas pessoas e lobos normais. Desta forma, o Garou pode tentar viver, pelo menos por algum tempo, ao lado de pessoas sem medo de ser rejeitado e evitado por elas. Este Dom é ensinado por espíritos de Guaxinim ou de Camaleão. Sistema: Se gasta um ponto de Gnose e testa-se Carisma + Instinto Primitivo (dificuldade 6). O efeito dura um dia por sucesso, mas é cancelado se o Garou utilizar sua Fúria ou mudar de forma. Este Dom não imuniza as pessoas ao redor contra o Delírio, portanto utiliza-lo na forma Crinos é inútil.

- Augúrio =
Café da Manhã de Pedras (nível 1):
A vida de um Ahroun é difícil, sobretudo devido aos modos espartanos. Este Dom permite que o Garou se adapte rapidamente às mudanças de clima ou ignore por algum tempo o pânico causado pela fome e sede. Os espíritos-Pássaros e espíritos-Ursos ensinam este Dom. Sistema: Ao testar Vigor + Sobrevivência Dificuldade 7 e gastar um ponto de Força de Vontade, o jogador permite que o seu homem-lobo faça uma das seguintes coisas: ignorar os piores efeitos do calor e frio naturais durante um dia por sucesso, ou passar um dia sem água ou três dias sem comida. Apesar de condições severas (temporais, secas, ondas de calor, etc.) poderem aumentar a dificuldade em 1 ou mais. O Dom pode ser repetido, mas a dificuldade aumenta em 1 para cada vez que ele for realizado sucessivamente.

Manobra Especial: Escarnio
Spoiler:
O Garou brinca com o oponente, rosnando, mostrando os dentes e proferindo insultos. Esta tática pode alarmar ou distrair o alvo e fazê-lo hesitar, o que dá ao Garou uma vantagem. A cada dois sucessos que o jogador obtiver um teste de Manipulação + Intimidação (no caso de oponentes não-Garou) ou Expressão (com outros Garou), o oponente perderá um dado em sua ação seguinte.
Esta manobra pode ser usada por uma matilha. Se isso acontecer, os efeitos serão cumulativos, o que significa que a parada de dados de um oponente pode ser reduzida a zero. Se assim for, ele não poderá realizar nenhuma ação a não ser se esquivar. O Garou submetido a esta manobra, principalmente se realizada por uma matilha, pode entrar em frenesi. Um teste de Fúria deve ser feito e a dificuldade será reduzida em um ponto se a provocação partir de uma matilha.

Empregável por: Todas as Formas
Teste: Manipulação + Expressão/Intimidação Dificuldade: Raciocínio do oponente + 4
Danos: Nenhum
Ações: 1


FÚRIA: 10
GNOSE: 2
FORÇA DE VONTADE: 6
POSTO: 1 (obrigatório)


RENOME (de acordo com o Augúrio)
- Glória Permanente: 2
- Honra Permanente: 1
- Sabedoria Permanente:


Vantagem de tribo: Pele de Fenris  - Os Crias de Fenris são alguns dos guerreiros mais duros de todas as Tribos. Uma razão para isto é a pele espessa deles/delas. Um Crias de Fenris ganha um nível de vitalidade adicional Escoriado e tem dificuldade para absorver dano diminuída em 1.

Fraqueza Tribal: Intolerância
Nenhum Cria é incentivado a comprometer seus ideais. A constante ênfase da tribo em lutar uma batalha sem fim e não demonstrar fraqueza tende a criar um ponto de vista intolerante. Todo Cria tem algo em particular que despreza algo que ele não pode suportar. Quando confrontado com esse estímulo, ele não será capaz de suportar a sua simples presença e fará qualquer coisa para se livrar daquilo que o incomoda. O jogador pode ou escolher uma Intolerância específica para seu personagem (com a aprovação do Narrador) ou escolher uma das listadas abaixo. Criaturas da Wyrm não podem ser escolhidas – são esperados de todos os Garou, em especial os Fenris, que eles não tolerem a Wyrm.

Covardia – Você odeia covardia em todas as suas formas, seja o medo do derramamento de sangue ou medo de tomar o controle em situações sociais. Qualquer um da sua matilha que demonstrar covardia deve responder a você. Se a situação se inverter, e você entrar em um Frenesi Raposa, você se consumirá em uma aversão tão grande a si mesmo que passará a enfrentar riscos desnecessários para amenizar seu momento de fraqueza.

Qualidades / Defeitos (Coloque eles separados e com a descrição em spoiler e em letras negras)
Baixa Estatura (Defeito: 1 ponto)
Spoiler:

Sua baixa estatura causa problemas a você, tornando complicado enxergar através de obstáculos. Sua forma Crinos é menor na mesma proporção (e menos intimidadora). Suas dificuldades são +2 para todos os testes de perseguição. Você e seu Narrador precisam ter sempre em mente sua baixa estatura. Em certos momentos, esse Defeito pode dar a você uma vantagem em ocultamento.

Ódio (Defeito: 3 pontos)
Spoiler:

Certos tipos de pessoas ou situações incitam um incontrolável e irracional ódio em você, provocando um teste de frenesi sempre que você se confrontar com o objeto ou objetos de sua ira. Além disso, você ativamente busca oportunidades para causar destruição em seus alvos escolhidos. Você deve escolher o alvo de sua ira cuidadosamente, visto que esse Defeito pode afetar suas relações com sua matilha ou sua seita e pode afastá-lo de seus deveres como Garou. Ódio pela Wyrm é presumido e não conta como um objeto adequado para esse Defeito. Odeia se sentir acuado
Concentração (Qualidade: 1 ponto)
Spoiler:

Você sabe como concentrar seus pensamentos e direcionar sua atenção para eliminar distrações. Circunstâncias que possam ser prejudiciais a você na tomada de ações afetam menos você que a outras pessoas. Você é imune a penalidades por circunstâncias que possam afetar suas paradas de dados ou suas dificuldades; caso você estivesse tentando abrir uma fechadura durante uma tempestade, por exemplo, a qualidade da fechadura ainda poderia afetar a dificuldade do teste, mas a distração pela tempestade não.
Confusão: (2 pontos de Defeito)
Spoiler:
Você costuma se sentir confuso e o mundo parece muito distorcido. De vez em quando você é simplesmente incapaz de entender o significado das coisas. Interprete este comportamento o tempo inteiro num grau baixo, mas torne a Confusão um defeito especialmente forte sempre que estiver num ambiente ruidoso (como várias pessoas falando ao mesmo tempo ou quando você entra numa casa noturna onde se esteja tocando música alto). Você pode gastar Força de Vontade para sobrepujar os efeitos da sua Confusão, mas apenas temporariamente.
Tique Nervoso (Defeito: 1 ponto)
Spoiler:
Você executa alguma espécie de movimento repetitivo que faz quando está tenso e que inevitavelmente denuncia sua identidade. Alguns exemplos incluem uma tosse crônica, apertar as mãos constantemente, estalar os dedos e assim por diante. Você sempre pode usar um ponto de Força de Vontade para reprimir esta mania. Seus olhos piscam de maneira descoordenada.

Equipamento e Bem Possuídos:
Roupas simples, lança de duas mãos, casa destruída


Pontos Bônus 21
1 – Recursos
5 – Fúria
2 – Briga
2 – Esportes
2 – Armas Brancas
2 – Instinto primitivo
2 – Intimidação
2 – Gnose
3 – Força de Vontade

Prelúdio/Historia:
Spoiler:
Era uma gravidez de risco, os meses mais esperados de quem tinha o desejo de ser mãe se passaram a maior parte do tempo em cima da cama, algo não estava certo, foram meses muito sofridos que sequer completaram 9. Ao receber a notícia de que apenas uma vida poderia ser salva o marido se retirou da sala recusando assistir aquela cena, suas garrafas de vinho que estavam estocadas para aquele dia que devieria ser especial foi sua única companhia na cozinha enquanto esperava o resultado, pouco tempo depois o médico responsável saiu do quarto perguntando se deveria dar prioridade para a vida de algum dos dois, mas não teve resposta.
Horas se passavam e os gritos de sua mulher eram cada vez mais sofridos e completamente debilitado pelo álcool não era capaz de conter suas lágrimas, ao tentar se levantar na intenção de ir em direção à sua mulher cambaleou e caiu em um canto do cômodo e não conseguiu mais se mexer, ouviu os gritos de sua mulher até que seus olhos se fecharam e ali ele adormeceu.
Quando abriu os olhos estava bem posicionado e coberto ainda caído no chão, sentindo os efeitos do álcool levantou esbarrando nas coisas, não ouvia mais os gritos de sua mulher, ao abrir a porta do quarto a primeira coisa que viu foi o lençol branco que cobria o corpo inteiro de sua mulher e a grande mancha de sangue espalhada pela cama, lençóis e chão. Ao ver sua reação o médico disse ter feito o possível para salvar os dois e em seguida mostrou aquele pequeno ser coberto por um pequeno pedaço de pano que cabia em apenas uma mão, era realmente feio, o que não causou qualquer sensação de felicidade. O pobre homem acreditava ter sido amaldiçoado por permitir que morresse a mulher que ele amava e foi castigado com uma aberração.
Embora a triste história envolvendo a criança o pai decidiu não o culpar mesmo carregado pela tristeza constante em ver traços do roso de sua mulher na face parcialmente deformada da criança, seus pensamentos de que seu filho nasceu a partir da morte de sua mulher eram constantes, mas se esforçou o máximo possível para cuidar da criança e lhe deu o nome Rodoufo Alechandre, escrito dessa maneira pois sofria de dislexia, aparentemente sua dislexia teria algum traço de hereditariedade pois Rodoufo apresentava algumas vezes um estado de confusão mental.
Conforme os anos seguiam o crescimento de Rodoufo não era algo muito perceptível, sua estatura baixa trazia complicações para ajudar seu pai a cuidar do comércio, uma loja de artefatos feitos de madeira, além de apresentar tique nervoso ao executar tarefas que exigem um cuidado especial, alguns espasmos musculares as vezes o fazia estragar os produtos e até mesmo destruir objetos delicados e por isso seu pai decidiu não passar tarefas tão complexas, então lhe deu uma vassoura e Rodoufo parecia gostar daquela ferramenta por ser algo simples, com uma função simples e fácil de manusear, acabou pegando uma certa estima pela vassoura e às vezes brincava sozinho usando sua imaginação como se aquela vassoura fosse uma lança, espada, vara de pescar e coisas do tipo, ao ver a estima do garoto pela vassoura seu pai fez algumas melhorias trocando o cabo de madeira por um mais grosso e resistente e aproveitando de seu talento em manusear madeira gravou o glifo da tribo Fenris e começou a treinar Rodoufo a ameaçar, perseguir dar vassouradas nos trombadinhas e clientes indesejados.
Um pouco mais velho enquanto varria as folhas na frente do comércio de seu pai se deparou com dois jovens que ficaram curiosos com o quanto Rodoufo era diferente das outras pessoas e começaram a fazer perguntas. Ao perceberem que o pensamento de Rodoufo era extremamente limitado começaram a questionar mais e mais, e conforme Rodoufo se atrapalhava em responder, começou a se sentir acuado o que era motivo de riso para os dois jovens, assim que se sentiram cansados foram embora e Rodoufo entrou no comercio de seu pai, trancou a porta e aguardou pacientemente enquanto seu pai chegava com o almoço. Algum tempo depois Rodoufo se deu conta do que havia acontecido, do quanto foi humilhado e não ter se dado conta na hora, o fato de ter se sentido acuado impediu que ele tivesse alguma reação que pusesse os jovens em seu devido lugar, sentiu então um grande ódio em seu coração e acabou perdendo a consciência, só acordou quando ouviu seu pai bater na porta, foi nesse momento que percebeu que o comercio do seu pai estava inteiro destruído, não havia mais nada que pudesse ser vendido, nenhuma matéria prima, mesmo as frutas e o pão estava espalhado por todo o assoalho junto com lascas de madeira e todos os moveis e a bancada destruídas. Medo e nervosismo era evidente nos olhos de Rodoufo, e mesmo assustado sem saber o que havia acontecido abriu a porta para seu pai e nem ao menos sabia explicar, apenas dizia que sentiu muita raiva e achava que tinha perdido o controle e chorava. Seu pai sabia que Rodoufo tinha o sangue Garou, mas devido as várias anomalias que debilitavam a mente e o corpo de Rodoufo nunca imaginou que ele se transformaria em uma fera tão violenta capaz de arruinar todo o seu comércio, toda sua casa. Já não tinha mais nada a perder, contou então toda a história dos Garou, explicou o máximo possível, mas era demais para a cabeça de Rodoufo em seguida tomado pela tristeza, culpou o próprio filho por todas as desgraças que tem passado, desde a morte de sua mulher até a destruição de sua casa, mas foi incapaz de mata-lo, pois tinha os olhos de sua mulher. Após encarar Rodoufo nos olhos por um certo tempo, soltou sua faca, gritou com Rodoufo para que ele não o seguisse, saiu pela porta e nunca mais voltou. No final daquele dia Rodoufo recebeu a notícia de que o corpo de seu pai foi encontrado afogado no rio.
Quando percebeu que estava agora sozinho e por conta própria Rodoufo tentou consertar sua casa, mas falhou, ao menos teve a sorte de conseguir aproveitar a madeira da vassoura que lhe foi presenteada pelo próprio pai para transforma-la em uma lança e para sobreviver procurou oferecer trabalhos de mercenário, devido todas suas deficiências dificilmente conseguia alguma tarefa importante, mas os glifos em sua lança foram reconhecidos por outros Garou e Rodoufo foi apresentado à uma seita para que pudesse provar seu valor e logo foi percebido a grande influência da Wyld sobre aquele corpo. Foi aceito pelos Fenris tendo se provado forte em batalha, por ter sido motivo de piada e subestimado por todos foi batizado com o nome Garou, Falha-Crítica.
avatar
Kurosatsunomori

Mensagens : 42
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rodoufo Alechandre "Falha Crítica" - Ahroun - Fenrir

Mensagem por Alexyus em Sab Abr 15, 2017 9:03 pm

Fala, Kuro, vou fazer a primeira avaliação da sua ficha!

O conceito que você criou é interessante, mas ainda pode ser aprimorado. As escolhas extremas na pontuação geram um desequilíbrio interessante para interpretar, mas você precisa estar ciente das limitações que escolheu. O nome garou Falha Crítica parece uma brincadeira de Andarilhos do asfalto modernos, não combina muito com os sisudos Fenrires dá Idade Média.

Primeiro, vamos falar de pontuação: ela está distribuída corretamente. Por ter 5 em Força, você pode escolher uma segunda especialização para ela. O Vigor 1 vai lhe causar problemas, especialmente entre os rígidos Fenrires.

Nas habilidades, a pontuação 4 é possível, mas faltou explicar na história como ele se tornou tão bom em Briga, Esportes, e principalmente em Intimidação e Instinto primitivo, habilidades que não apareceram na história. Os 3 pontos em Investigação e 2 em Ocultismo também não foram esclarecidos.

Fúria 10 e Força de Vontade 6 vai causar uma penalidade social de 4 dados em todas as rolagens, o que praticamente neutraliza seus pontos. Talvez fosse melhor mudar isso, já que tanta Fúria é incomum para cliaths.

Agora, as qualidades e defeitos: o Ódio está mal descrito, porque todo mundo odeia se sentir acuado. Se você definir como "Conversas complexas" ou "zombarias", isso é mais específico e pode gerar situações onde o defeito renda uma boa história. Mas se ele ficar irracional sempre que se sentir acuado, passará todas as crônicas à beira do frenesi.

Também temos problemas com Confusão e Concentração, pois são exatos opostos. Ou ele é confuso ou é concentrado. Se ele se esforça em se concentrar e vence o defeito confusão, isso não deve ser representado como uma facilidade para se concentrar, já que exige um esforço acima do que as pessoas normais precisam fazer. Retire um dos dois.

Sobre a história, ela acabou muito cedo, e ficaram várias questões sem explicação. Onde ele cresceu? Qual país, qual cidade? Quem foram os Fenrires que o encontraram, e qual seita o acolheu? Quem o treinou para correr e lutar? Por que aos 25 anos (um homem maduro na Idade das Trevas) ele ainda é um cliath? Sua primeira mudança foi tão tardia ou ele teve problemas na seita? Como o toque dá Wyld se manifesta nele? Como ele se tornou mercenário?

Estas são apenas algumas questões pra você definir melhor o personagem. Altera aí e avisa pra eu reavaliar!
avatar
Alexyus

Mensagens : 191
Data de inscrição : 05/07/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rodoufo Alechandre "Falha Crítica" - Ahroun - Fenrir

Mensagem por Kurosatsunomori em Ter Abr 18, 2017 12:15 am

Yae Alexyus, valew pelas dicas com a minha ficha.
Sobre o nome Garou, pode servir como justificativa se eu disser que ele fez parte dos roedores de ossos durante um certo tempo e foi nomeado por eles? O link que eu fiz o dl da Idade das Trevas veio cortado a parte dos Roedores e por isso não sei bem como eles se comportavam na época, combinou bem com o personagem, se tiver alguma dica de como eu posso manter o nome eu aceito xD.
O vigor baixo eu compensei na força, assim eu posso tirar um proveito maior do Toque da Wyld, e depois eu aprimoro gastando xp.
A penalidade social devido a fúria eu já me atentei à isso, o Toque da Wyld também aumenta minha dificuldade mas acho que vai ser um desafio interessante.
Qualidades/Defeitos e a história eu realmente vejo que realmente precisa de uma atenção a mais, vou demorar um pouco pra consertar isso.
De um modo geral eu reconheço que é um personagem extremamente arriscado e que pode morrer ou matar a qualquer momento kkk mas to realmente interessado em sentir na pele como deve ser jogar com algo tão instável.
avatar
Kurosatsunomori

Mensagens : 42
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 24

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Rodoufo Alechandre "Falha Crítica" - Ahroun - Fenrir

Mensagem por Alexyus em Ter Abr 18, 2017 10:54 am

Não é necessário mudar o nome se não quiser, é apenas uma observação, já que pode ser motivo de gozação entre os Fenrires.

Só aguardo você rever as qualidades e defeitos e a história pra reavaliar!
avatar
Alexyus

Mensagens : 191
Data de inscrição : 05/07/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum