NOITE dos VAMPIROS

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Cetza em Seg Ago 27, 2018 9:15 pm

Katerine fazia algum esforço, olhava para Sylvanndis e Shaira. Respondia lentamente e gemendo de dor:

-Fico muito grata pela ajuda. De verdade. Desabrochar do inverno, prazer - Gemido de dor - Me deixe com minha Numem. Se eu ficar afastada da batalha, mas ao alcance do olhar de minha matilha então ficarei bem. Nós começamos esse combate a algum tempo. Vocês perderam a maior parte da diversão. - Katerine tentava rir mas a dor lhe calava em seguida.

-- Muito prazer Desabrochar do Inverno, eu sou Passos sob a Areia, não se preocupe, eu a deixarei próxima a ela. Haha... digamos que eu preferi uma abordagem mais direta que acabou dando errado.

-O roedor sofreu golpes fortes. Luke esta machucado, mas eu criei um escudo nele. Deve segurar as coisas. ... Temos uma parente raça pura na terra também. ... como estão as coisas na terra? - gemido de dor.

-- Não muito boas, eu acabei entrando na área mais exclusiva, encontrei uma vampira que tinha uma chave presa no pescoço, infelizmente fui descoberta e salva por Klaus. Escapamos pela Umbra e encontramos vocês. Eu irei atrás do Roedor e o trarei até aqui, cuidem-se...
* Shaira partia com o arco em punho e corria na direção onde o Roedor estava e via a situação em que se encontravam. " Droga... Aguenta firme ai"
Raul! * Shaira ia até ele e o pegava com cuidado* -- Aguente firme, vocês fizeram um ótimo trabalho.. agora descanse, eu o levarei até Sylvandiss e Khan estão eles podem cuidar de você...
avatar
Cetza

Mensagens : 205
Data de inscrição : 25/03/2017
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Kurosatsunomori em Qui Ago 30, 2018 3:00 am

O impulso que levou Khamaseen a assumir uma violência sádica sobre sua inimiga foi tão forte que ele nem ao menos notou que também estava sobre as chamas. Em alguns segundos a assistindo gritar, rir e se contorcer foi capaz de perceber uma afinidade entre ele e o espírito, a vontade e a disposição em querer causar dor, e por este motivo perdeu o controle da situação e o total domínio sobre seus atos. Ele estava envolvido com sua inimiga, mesmo que em uma relação puramente destrutiva. Nos momentos em que Tortura Extrema abria os olhos em resposta a dor que estava sofrendo, o Senhor das Sombras era capaz de ver seu reflexo, sua expressão e seu olhar. Naquele momento os dois eram iguais, porém em lados diferentes.

O olhar macabro de Morte Violenta arregalou-se por um instante, ela tremeu e então explodiu numa chuva de ossos sangrentos que caíram com estrondo contra o chão, mas se liquefizeram, misturando-se ao sangue das paredes.
Raul faz um último esforço, colocando tudo que ainda restava nele, e brutalmente abre os braços do inimigo, conseguindo escorregar para trás. Ele caia no chão, fraco e sentindo algumas costelas quebradas. Ainda estava cercado pela mortalha de escuridão e sabia que não conseguiria sair desta sozinho, então uiva por ajuda, na esperança que pelo menos algum dos outros Garou que viu antes de entrar em frenesi ainda estivesse de pé.

O som do maldito explodindo fez com que Kham aos poucos procurasse retomar o conhecimento do campo de batalha. Aquele que acabou de explodir era o mesmo que havia empurrado antes de avançar contra Tortura Extrema, e antes disso não lembrava de mais nada, apenas um rugido feroz que vinha da escuridão.

Daquela mesma direção foi capaz de ouvir um uivo sofrido, que até lembrava o de um cão de rua que havia sido preso por vários dias sem comer e agora estaria em seu limite, gritando por socorro.

Com suas garras, Kate cortou a pele macia do pescoço da Maldita até desprendê-lo do corpo e fazer a cabeça voar como uma rolha de champanhe.

A uktena tomou impulso nas costas de Kham e mudou a direção de seu salto, caindo ao lado de Silvandiss. A cabeça de Tortura Extrema caiu logo à frente dela, e ela continuava rindo enquanto as duas partes de seu corpo se  dissolviam em manchas de sangue no chão.

No momento em que se virou para olhar de onde vinha o pedido de socorro, Kham foi surpreendido sentindo o peso de sua parceira se impulsionando com força pelas suas costas, seguido da sensação de alívio nos braços já que o peso da maldita havia se desprendido das correntes. Katerine a decapitou.

Tendo um pouco mais de calma já que aquela situação de perigo aparentemente tinha acabado, o lupino percebe que está dentro das chamas. O fogo que pretendia usar como uma ferramenta para atacar a maldita era aparentemente mais luz do que calor, as chamas nem ao menos chegavam em sua pele. Seu pelo era o suficiente para proteger o corpo, mesmo que alguns acabassem queimados.

Kham recolheu as correntes e levantou com um dos braços o corpo da maldita que estava se liquefazendo, pois ao olha-los podia se lembrar dos pensamentos que tinha durante a luta.

"Luke está na mortalha!"

Ao chegar nessa conclusão o guerreiro astuto arremessa para frente o corpo e a corrente da maldita como o lixo que ela representa e em seguida corre na direção do uivo.

Ao sair das chamas percebe o Garou que havia ignorado anteriormente em seu caminho e empunhando uma Klive ensanguentada, e mais adiante um maldito sangrento lutando com Luke enquanto outro lobisomem caído extremamente machucado se arrastava para mais distante dos golpes furiosos que explodiam dos dois lados fazendo sangue jorrar de maneira descomunal.

Ao passar pelo Garou que acabou de tombar uma criatura da Wyrm, Kham o toca no braço virando na direção do ultimo maldito, e se posiciona ao lado encarando seu alvo com as garras e o ombro direito apontados e firmes como se preparasse para um choque. Era um convite para um ataque em conjunto onde o lupino jogaria todo o seu peso em crinos esmagando o ultimo maldito contra a parede.

Ações:
Ação normal: Encontrão
avatar
Kurosatsunomori

Mensagens : 150
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Luke Duran em Sab Set 01, 2018 11:07 pm

Luke havia vencido. Já não se encontrava mais em frenesi, porém já não lembrava de quase nada que havia acontecido, e antes que tentasse retomar a memória, sua visão foi limitada ao maldito que estava em sua frente, e seu irmão garou em perigo. E por instinto se antecipou na batalha por suas vidas.

O golpe de Luke foi certeiro, mas o sangue vazando do ferimento era mais do que o normal, parecia um fluxo ininterrupto, como se uma torneira de sangue descesse pela garganta do filho de Gaia. O Maldito sacudiu-o até que os dentes se soltassem, e encarou Luke pronto para golpeá-lo.

O punho sanguinolento chocando-se contra seu focinho era como uma marreta molhada, e fez o cérebro de Luke chacoalhar dentro do crânio.

Luke foi certeiro em seu ataque, mas sofreu as consequências de sua investida.
Sua visão apagou por milésimos de segundos e gritou de dor com o estrondoso golpe recebido. Evil or Very Mad -- MALDITO DESGRAÇADO, VOU TE DESTROÇAAR!!!!!!

Luke avança de forma impulsiva, desferindo monstruosos golpes com sua garra, decidido a não parar até que seu inimigo morresse e o sangue jorrasse em seu rosto.

Spoiler:
Ação principal - Garras
FU - Garras

Obs: Luke gastará o quanto de fúria for necessário para matar o maldito.
avatar
Luke Duran

Mensagens : 118
Data de inscrição : 26/03/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Crios em Qui Set 13, 2018 3:50 pm

-- Muito prazer Desabrochar do Inverno, eu sou Passos sob a Areia, não se preocupe, eu a deixarei próxima a ela. Haha... digamos que eu preferi uma abordagem mais direta que acabou dando errado.
-Você que estava do ladinho do Ahmed no ritual de passagem dos meninos neh? Eu lembro de você! Pessima hora para encontros não é? Kkkk – outro gemido de dor enquanto via sua numem indo pro outro lado do campo – é....Mudança de planos, me deixe ali *katerine apontava* falamos no caminho.

-- Não muito boas, eu acabei entrando na área mais exclusiva, encontrei uma vampira que tinha uma chave presa no pescoço, infelizmente fui descoberta e salva por Klaus. Escapamos pela Umbra e encontramos vocês. Eu irei atrás do Roedor e o trarei até aqui, cuidem-se...

-Isso é bem preucupante. Teremos problemas para sair daqui. Mas por hora, ótimo. Verei se consigo absorver um pouco da gnose dos malditos antes de começar a cura.

Katerine pega carona com shaira até próximo de um dos malditos (que não seja a tortura extrema), e tentava absorver sua gnose.

_________________
"Se o inverno é uma força devastadora, eu sou a delicada rosa que traz seu desabrochar"
Katerine Regan Rosenstock. Desabrochar-do-Inverno

Falas. Narrativa/ação. Off/Pensamentos
avatar
Crios

Mensagens : 260
Data de inscrição : 27/03/2017
Localização : http://lobisomemrpg.forumeiros.com/t61-katerine-rosenstock-hominio-theurge-uktena

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Klauss K. em Sex Set 14, 2018 8:27 am

*Klauss observa rapidamente o campo de batalha e com a frieza que lhe era de costume nessas horas observa as possibilidades, havia uma garou desmaiada ao lado de Shaira, outro garou também em pessimas condições proximo ao outro maldito e um terceiro que apesar dos ferimentos ainda continuava em pé.*

"Resistencia a dor talvez... preciso agir e organiza-los antes que mais alguem fique em piores condições...*

Khan escreveu:Ao passar pelo Garou que acabou de tombar uma criatura da Wyrm, Kham o toca no braço virando na direção do ultimo maldito, e se posiciona ao lado encarando seu alvo com as garras e o ombro direito apontados e firmes como se preparasse para um choque. Era um convite para um ataque em conjunto onde o lupino jogaria todo o seu peso em crinos esmagando o ultimo maldito contra a parede.

-- Preciso que contenha o maldito por alguns segundos... se a fúria de seu amigo não for direcionada corretamente ele entrara em frenesi novamente.


*Klauss corre ao lado de Khan e no ultimo segundo se desvia do maldito colocando a mão esquerda no peito de Luke para conte-lo por alguns segundos.*

Ativa o dom Comando do Forte

-- PARE!!! Observe o campo de batalha por alguns segundos e veja qual a melhor forma de agir, se deixar sua fúria simplesmente extravasar e você entrar em frenesi novamente algum dos membros de sua matilha pode morrer, talvez nem mesmo eu consiga conte-lo, seja o alfa que eles precisam, seja o ahroun que eles precisam e direcione sua fúria não seja direcionado por ela.


*Em seguida acena positivamente a Luke saindo de sua frente e o deixando atacar. E reflete sobre suas próprias palavras e percebe que foi o que ele mesmo fez, deixou sua fúria extravasar e agora estava quase desprovido dela e usa emsi mesmo o dom Despertar da Raiva.*


Ação
Bloquear Luke com o dom Comando do Forte (teste de Manipulação +raça pura + empatia no discurso)
Em seguida ao liberar Luke para o combate usa em si mesmo o Despertar a raiva e se posiciona para voltar ao combate.
avatar
Klauss K.

Mensagens : 320
Data de inscrição : 11/07/2016
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Alexyus em Dom Set 16, 2018 12:20 pm

KHAM ATACA:
Kham rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Manobra Especial e obteve: 5 3 7 9 3 7 10 4
Kham obteve 4 sucessos!

Kham rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 6 2 8 2 2 5 2 4 1 2 1
Kham obteve 2 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 6 6 3 4 2 5 5 4 1 1
Narrador obteve 2 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)


Khamaseen avançou contra Sangue Derramado na sua manobra favorita, atingindo o corpo do Maldito como se batesse numa parede de concreto. Ele parou no chão à frente do monstro sangrento.

LUKE ATACA:
Luke rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 9 5 6 5 9 4 2 10 7 5
Luke obteve 5 sucessos!

Luke rolou 13 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 7 8 9 6 1 6 8 2 6 1 6 1 3
Luke obteve 8 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 4 3 4 8 3 2 2 4 2 4
Narrador obteve 1 sucesso! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Essência de Sangue Derramado cai para 5/20

Luke usa 2/10 de Fúria para ataque extra

Luke rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 9 2 4 1 3 10 9 1 5 7
Luke obteve 2 sucessos!

Luke rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 3 10 9 8 6 3 10 7 4 8
Luke obteve 7 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 3 5 1 1 4 9 4 2 2 9
Narrador obteve 2 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Sangue Derramado é destruído

Luke desferiu um golpe com as garras que abriu o ventre do Maldito, derramando sangue e órgãos. Antes que o espírito da Wyrm pudesse reagir, Fúria de Gaia cravou ambas as garras no pescoço  dele, rasgando carne e tecidos até decapitar o monstro.

MAPA:

Em segundos, o corpo dissolveu-se em sangue rubro, e o sangue das paredes escorreu rapidamente para a mesma poça, que diminuiu como se evaporasse em gases vermelhos.

Agora a sala parecia-se muito mais com sua aparência terrena, sem os efeitos degradantes dos Malditos da Wyrm. A porta permanecia fechada, mas não ofereceu resistência para abrir. Ela conduzia para uma escada descendente.

Katerine tinha se movido para perto e tocou nos gases vermelhos, que se curvavam como se fossem um líquido em ascensão. Desabrochar-do-Inverno bebeu aquela Gnose, sorvendo os gases de sabor de sangue antigo. Apesar do gosto corrupto, a theurge sentiu sua própria Gnose recuperando-se.

DESPERTAR A RAIVA:
Klauss rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 8 para MAnipulação+Empatia e obteve: 6 2 6 4 5
Que pena, Klauss não obteve sucesso!

Klauss tentou recuperar sua Fúria invocando o dom Despertar a Raiva, mas por algum motivo oculto, falhou.

Agora os garous estavam num cenário penumbral, e poderiam tentar fugir ou explorar mais, antes ou depois de se recuperarem.

STATUS:
Kate - Incapacitada, Fúria 0, Gnose 4, Força de Vontade 4

Kham - Escoriado, Fúria 2, Gnose 5, Força de Vontade 3

Luke - Aleijado -5 Agravado (ignorado pelo dom Resistência à dor até o fim da cena), Fúria 8, Gnose 3, Força de Vontade 8

Raul - Aleijado -5, Fúria 1, Gnose 3, Força de Vontade 3

Silvandiss - Essência 1

Klauss - Saudável, Fúria 1, Gnose 3, Força de Vontade 10

Shaíra - Machucada -1, Fúria  , Gnose  4, Força de Vontade 3

Sangue Derramado - Essência 0/20
avatar
Alexyus

Mensagens : 510
Data de inscrição : 05/07/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Kurosatsunomori em Seg Set 17, 2018 12:08 am

Khamaseen avançou contra Sangue Derramado na sua manobra favorita, atingindo o corpo do Maldito como se batesse numa parede de concreto. Ele parou no chão à frente do monstro sangrento.

"Ele não veio junto? Não tem timming??" *olha para Klauss*

Luke desferiu um golpe com as garras que abriu o ventre do Maldito, derramando sangue e órgãos. Antes que o espírito da Wyrm pudesse reagir, Fúria de Gaia cravou ambas as garras no pescoço  dele, rasgando carne e tecidos até decapitar o monstro.

Aquilo era bonito de se ver, Luke não temia o campo de batalha, era difícil imaginar que ele poderia ter qualquer problema envolvendo uma boa briga, mas ao ter uma visão melhor pode ver o inchaço em seu rosto, levando em consideração o quanto estava machucado parecia difícil acreditar que conseguiu juntar forças para despedaçar um maldito forte como aquele. O filho de Gaia realmente mostrou que nasceu pra isso, mas até ele tem seu limite.

Agora os garous estavam num cenário penumbral, e poderiam tentar fugir ou explorar mais, antes ou depois de se recuperarem.

Se recuperando do ocorrido Khamaseen começa a se lembrar do que aconteceu durante toda a batalha ao ver o rosto do Roedor que apareceu antes de tudo acontecer. E agora somaram mais três Garous, isso pode ser um ótimo reforço, porém, todos parecem estar cansados. Luke e o Roedor estão seriamente feridos, Katerine parece um zumbi, Shaíra parece ter uma perfuração no ombro, isso faz Kham se perguntar de onde pode ter vindo o tiro, faria essa pergunta depois de ter certeza de que sua futura irmã de matilha ainda pode prosseguir.

O braço de Katerine escorre sangue devido a fricção da pele com as correntes, e está em uma posição aparentemente desconfortável, deve haver alguma fratura ou deslocamento, para todos os ferimentos que os Garous apresentam, nenhum deles vai ser resolvido com uma bandagem, mas nesse caso talvez tenha algo que possa fazer, pelo menos para que ela consiga se levantar e andar sem que a dor torne a derruba-la.

--Eu vou consertar esse seu braço antes da gente continuar.

Enquanto todos tentam tomar um fôlego para prosseguir ou recuar, Kham coleta informações sobre de onde os Garous vieram e como está o plano físico.

Ao final da cena Khamaseen vai tentar colocar o osso no lugar estando bem concentrado para o sucesso (FV), já deduzindo que um movimento em falso poderia fazê-la desmaiar de dor.

*Teste para aplicar conhecimento em medicina no final da cena (-1FV)*
avatar
Kurosatsunomori

Mensagens : 150
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Crios em Seg Set 17, 2018 2:32 pm

Khamaseen avançou contra Sangue Derramado na sua manobra favorita, atingindo o corpo do Maldito como se batesse numa parede de concreto. Ele parou no chão à frente do monstro sangrento.

Luke desferiu um golpe com as garras que abriu o ventre do Maldito, derramando sangue e órgãos. Antes que o espírito da Wyrm pudesse reagir, Fúria de Gaia cravou ambas as garras no pescoço  dele, rasgando carne e tecidos até decapitar o monstro.

De longe, caminhando a passos difíceis, ainda em forma crinos, Katerine observava os amigos de matilha. Eles eram simplesmente incríveis. Luke era forte e quase sozinho derrubou dois malditos, aguentou a dor e o frenesi fortemente. Khan era esperto e sabia se utilizar de posicionamento para apanhar os inimigos. Sua ajuda foi imprescindível. Apesar de caída aos pedaços, katerine soltava um sorriso vitorioso e orgulhoso.

Caminhava se dirigindo ao meio do campo enquanto cambaleava. Após absorver a gnose, estava pronta para curar os Garou. No caminho, ela dizia com clara feição de estar com fortes dores, mas sorria orgulhosa enquanto dizia:

-Ah, finalmente acabou. Eu disse que estávamos em vantagem desde o começo. Era tudo uma questão de posicionamento. Parabens a todos, mas antes de falarmos, Rodedor, Luke, venham até mim e deitem, O estado de vocês é crítico. Precisarão se curar se quiserem sair daqui. O Problema será curar você Luke, mas a gente da jeito.

Katerine pede para que os dois deitem próximos e prepara o Toque da Mãe. Quando for curar Luke, Kate faz uma força extra. Coloca bem mais concentração pois a fúria do filho de Gaia quase impossibilita uma cura decente. Raul por outro lado é mais fácil de ser curado. Katerine mesmo exausta, faz um grande esforço mental para curar os outros Garou.

-Rodedor, Prazer, sou Katerine, dos Uktena. Eu que falei para você vir a umbra antes. Sentimos o seu cheiro. Jaja me apresentarei melhor. Fique conosco, terá mais chances do que ficar sozinho por aqui. Qual seu nome? E como se sente?

-Luke, esta melhor? Seu Verrückt! – Dizia Katerine soltando umas risadinhas –

Ao terminar, Katerine notava Khan querendo ajuda-la, e prontamente, ela se deixava solta para deixar o Lupino ajudar.


(***)


Quando Katerine termina a cura, ela se vira a todos, chamando-os e tomando a iniciativa

-Olá a todos. Agora que a tempestade abaixou podemos conversar melhor e se organizar. Sou Katerine Regan Rosenstock, Theurge dos Uktena e alfa da matilha. Estes são Luke Duran, Ahroun dos filho de Gaia, e Khamanseen, Ragabash dos senhores da sombras. Desabrocvhar do inverno, Furia de Gaia, e Furia da Tempestade, respectivamente Nós viemos para resgatar a princesa e o fetiche. Estamos firmes nesta missão de resgate. Como reportei a Shaira, nós fizemos toda uma investigação umbral, que nos levou a esta porta protegida por malditos. O combate estava no fim, e nós pagamos com sangue a maior parte da luta, como podem ver. Chegaram em boa hora. Sou muito grata pela ajuda em combate. – Katerine faz um gesto de agradecimento – Nosso plano se consistia em avançar pela umbra, e descobrir o fetiche a princesa por aqui, onde não teríamos que nos preocupar com problemas terrenos. E entrar na terra apenas para dar o ultimato e pegar os vampiros de surpresa, de forma fatal e precisa antes que tivessem tempo de se organizar com seus lacaios. Sabiamos que seguir pela terra teríamos mais inimigos e obstáculos, por isso seguimos esta estratégia. Por este motivos chamamos você para a umbra, roedor. (caso katerine já saiba o nome, vai falar “Raul” em vez de Rodedor.)

-Enfim, estamos próximos do pote de ouro. Outra ideia era botar fogo neste lugar, mas, nesta altura do campeonato, la na terra, como foi reportado por shaira, os Vampiros já devem ter saído, e agora, deixaram apenas armadilhas para nós. Colocar fogo no masquerade iria apenas colocar inocentes, e uma parente minha em perigo...

-Passos sobre a areia, Como estão seus ferimetos? Tenho pouca gnose ainda para cura. Ainda preciso guardar um pouco para mim, caso algum problema aconteça.



ação:

Claro. se for possivel:
Toque da mãe em Raul. com gasto de FV.
Toque da mãe em Luke com gasto de FV. Dependendo de como ficar a primeira rolagem, eu ainda uso toque da mãe novamente no luke.

_________________
"Se o inverno é uma força devastadora, eu sou a delicada rosa que traz seu desabrochar"
Katerine Regan Rosenstock. Desabrochar-do-Inverno

Falas. Narrativa/ação. Off/Pensamentos
avatar
Crios

Mensagens : 260
Data de inscrição : 27/03/2017
Localização : http://lobisomemrpg.forumeiros.com/t61-katerine-rosenstock-hominio-theurge-uktena

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Krauzer em Qua Set 19, 2018 5:29 pm

Raul conseguia se afastar da luta rastejando, a mortalha de trevas se desvanecia, e ele pode perceber que "seu lado" havia vencido. Ainda ferido, ele olhava para os outros Garou presentes.

-Ah, finalmente acabou. Eu disse que estávamos em vantagem desde o começo. Era tudo uma questão de posicionamento. Parabens a todos, mas antes de falarmos, Rodedor, Luke, venham até mim e deitem, O estado de vocês é crítico. Precisarão se curar se quiserem sair daqui. O Problema será curar você Luke, mas a gente da jeito.

      Ainda na forma de Crinos, Raul rastejava até ela. Ele mal havia percebido, mas havia destruído suas roupas (que não haviam sido dedicadas) ao entrar na forma de crinos. Ele deita-se à frente dela como lhe foi pedido.

-Rodedor, Prazer, sou Katerine, dos Uktena. Eu que falei para você vir a umbra antes. Sentimos o seu cheiro. Jaja me apresentarei melhor. Fique conosco, terá mais chances do que ficar sozinho por aqui. Qual seu nome? E como se sente?


- Prazer, sou Raul, ou Lobo de Rua, dos Roedores de Ossos. Estou aqui em uma missão de resgate, mas ainda estou meio perdido!
avatar
Krauzer

Mensagens : 49
Data de inscrição : 26/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Kurosatsunomori em Qua Set 19, 2018 5:49 pm

Katerine escreveu:-Enfim, estamos próximos do pote de ouro. Outra ideia era botar fogo neste lugar, mas, nesta altura do campeonato, la na terra, como foi reportado por shaira, os Vampiros já devem ter saído, e agora, deixaram apenas armadilhas para nós. Colocar fogo no masquerade iria apenas colocar inocentes, e uma parente minha em perigo...

--Que?? Tivemos um trabalhão pra chegar aqui sem sermos notados, pelo menos Braço-de-Aranha Rhya vai ficar feliz em saber que não foi eu quem ferrou com tudo.

*ação de ESPIAR*

-- Eu tive uma ideia maluca, vocês voltam pra lá, se entregam e os distraem, isso deve fazer eles pararem com a correria e focarem a atenção em vocês, e enquanto isso Luke e Katerine põe em ação o plano KISS (Khepri Incinera Sangues-Sugas), e eu posso ficar por perto caso as coisas comecem a escurecer.
avatar
Kurosatsunomori

Mensagens : 150
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Cetza em Sab Set 22, 2018 1:00 pm

* Shaira ficava feliz que a luta havia terminado, e mesmo não ter estado na luta com os outros sentia que havia feito seu trabalho em retirar do campo de batalha os feridos para que assim evitassem baixas. Ela se aproximava do grupo e se apresentava devidamente e após ouvir Katerine e Khamaseen diziam, a ragabash sorria e tomava a palavra.

-- Que bom que todos estejam bem, Luke lutou bravamente e fez lembrar aos nossos inimigos que os Filhos de Gaia também mordem. Eu investiguei o local no plano físico e tenho um palpite sobre onde pode estar a princesa e o fetiche, minha aposta é a vampira Verônica, ela trazia consigo uma chave no pescoço que parecia ser bem valiosa.   * Shaira descrevia a moça para seus companheiros* -- Ao que parece essa Verônica exercer um poder sobre os outros vampiros daqui, porém ela mencionou um tal Xerife... acho que ele deve ser o líder do Mascarade.
avatar
Cetza

Mensagens : 205
Data de inscrição : 25/03/2017
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum