NOITE dos VAMPIROS

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Luke Duran em Qui Abr 19, 2018 12:57 am

Luke nunca gostou muito da sensação de percorrer atalhos, era sempre desagradável e não estava acostumado com o mundo umbral.
Mas dessa vez, a sensação foi pior...a sensação foi desgastante, agoniante, sufocante e lutava contra uma imensidão de sangue que parecia querer lhe engolir a todo custo.

Enquanto realizava sua travessia do modo físico para o umbral, o ambiente ao seu redor ia deixando a opacidade e forma, enquanto contraia uma forma vermelha cada vez mais forte e intensa... Não havia nada, além do vermelho sufocante... apenas sangue, e de repente Luke se via se debatendo contra um rio vermelho sem fim, mas não era um rio qualquer, não... água não era nada comparada a essa densidade agitada que lhe prendia os braços cansados e lhe fazia refém da tortura, não física, mais mental.

Após 5 minutos que pareciam nunca findar, Luke atravessa a película ofegante e irritado:
-- Mas que porra foi essa?! Arghh por isso odeio andar por aqui, alguém vai pagar por isso!

Luke e Kham viram que os vultos negros tomavam formas mais definidas, parecendo mais com humanos. Cada um deles parecia seguir sua própria ação, sempre acompanhados de uma sombra que, ao final, matava a pessoa, geralmente sugando o sangue de seu pescoço, mas às vezes as mortes eram mais violentas e nojentas, quase nunca rápidas. As visões eram contínuas e pipocavam a todo momento em todos os cantos, fantasmas reencenando o momento de sua morte às mãos de criaturas sanguinárias cujas formas nunca ficavam plenamente distintas, tornando impossível identificar cada assassino.
Sem entender o que se passava no local, o primeiro vulto negro que passa por Luke é vitima de seu reflexo e instinto para combates... Luke rapidamente desfere um golpe em direção ao vulto que aparece perto de seu corpo, quando suas mãos se perdem no ar, mostra os dentes ainda em forma hominídea e estranha tudo aquilo que presenciava.

É então que a chegada de Katerine rouba sua atenção, e ajuda a levanta-la junto a Kham.
-- Calma, Katerine. Estamos contigo, está tudo bem agora.

Luke ouve atentamente o discurso de Katerine após recuperada, e esboça um sorriso de canto de boca, estava feliz pela sua determinação e demonstração de força de vontade.
Aceitando o comando de Kate, Khamaseen ainda sorrindo enlanguesce os ombros, dá dois passos a frente e executa um salto mortal enquanto assume a forma lupina em ato reflexo.
-- Eu procuro no pelo.  
-- Boa sorte, se precisar é só uivar!!

Compactuando com a ideia de seus companheiros de matilha, Luke começa a fechar a cara, demonstrando frieza e seriedade em seu olhar
-- Eu procurarei nossos inimigos, com sorte podem nos levar até a matilha perdida ou dizer onde estão se soubermos como "perguntar"  Twisted Evil , não que eu não os mate da mesma forma depois.

Se transforma em Crinos em ato reflexo e ruge com veemência alardando o fim de seus inimigos.

Luke que sabia os passos de Katerine, andava à frente procurando com afinco qualquer tipo de ameaça que pudesse destroçar para limpar o perímetro ou "interrogar".

Enquanto Katerine procurava por informações, e Kham por provas, Luke bufando procurava por qualquer inimigo que houvesse pelos arredores.
avatar
Luke Duran

Mensagens : 106
Data de inscrição : 26/03/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Cetza em Dom Abr 22, 2018 8:48 am

" Droga... como suspeitava, ela é uma vampira... achei que podia conseguir algo com o capanga... bem eu consegui alguma coisa... mas, quem é esse tal xerife do qual ela falou"

* Mesmo diante da situação crítica, Shaíra tentava manter a calma... ao menos naquele jogo de gato e rato ela faria pose de gata. Ela fitava seriamente a vampira e se inclinava para frente, como uma loba que não se deixava intimidar facilmente, porém a menção aos seguidores de Set a deixava visivelmente incomodada.*

-- Seguidores de Set... esse nome me enche de raiva... Bem Verônica, eu sei o que você é e... * Shaír dava uma boa olhada no lugar* -- A pergunta é... você está disposta a estragar esse esconderijo? Ou melhor... você TEM essa autoridade...

* Shaíra tentava confundir a vampira enquanto ganhava tempo para que os colegas retardatários chegassem, ela não tinha boas opções: Morrer ali mesmo ou morrer em outro lugar. * -- Bem, podemos resolver isso de forma diferente... continuar com o nosso jogo de gato e rato. Ha algum tempo atrás uma princesa Andarilha foi morta aqui, algo me diz que naquela época você ocupava o lugar do assistente Doug não é? O que ela tinha de especial para vocês?..

* Shaíra preferia manter a vampira falando do que ameaçando, sabia que ela se sentiria à vontade ali em seu clube, então ela iria tentar se manter tão à vontade quanto ela, indicando que ela não estava sozinha ali.*
avatar
Cetza

Mensagens : 195
Data de inscrição : 25/03/2017
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Alexyus em Dom Abr 22, 2018 9:45 pm

KATERINE, KHAM, LUKE & RAUL


ROLAGENS:
Raul rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Percorer atalhos e obteve: 5 10 1
Que pena, Raul não obteve sucesso!

Katerine rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Percepção+Ocultismo e obteve: 10 9 4 4 7 9
Katerine obteve 4 sucessos!

Kham rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Percepção+Investigação e obteve: 9 6 2 2 5 2
Kham obteve 1 sucesso!

Luke rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Percepção+Manha e obteve: 4 9 2
Luke obteve 1 sucesso!

Kate, Kham e Luke avançaram pela sombria penumbra rubra do Clube Masquerade. Seguindo o plano de Kate, eles percorriam os ambientes umbrais do clube, procurando, pistas no caso de Kham, informações no caso de Kate, e briga no caso de Luke.
A arquitetura do local era bem semelhante à sua parte física, e assim os três conseguiam se orientar para navegar naquele ambiente hostil, labiríntico e confuso.

Os vultos sombrios continuavam a aparecer e desaparecer, intangíveis, imateriais, projetando as horripilantes cenas de suas mortes. Kate tentou falar com eles, mas não obteve resposta. Com seu conhecimento sobre ocultismo, a theurge logo percebeu que aqueles vultos não eram espíritos de Gaia, mas emanações da Umbra Negra, cujos fantasmas, incapazes de se materializarem naquele local por algum motivo, conseguiam apenas criar lembranças fantasmagóricas.

Apesar do inseucesso de interrogar os mortos, Kate, Kham e Luke chegaram à mesma conclusão por formas diferentes. Kham tentava entender as cenas dos crimes, Kate tentava perceber um padrão nas emanações e Luke imaginava onde as brigas começavam e acabavam. Pensando juntos, eles foram seguindo as emanações (alguém já tinha sido esfaquado na cabine do DJ), e rumaram para a Elite. Ali, as mortes eram menos violentas que no Porão, mas bem mais numerosas, a maioria parecia ter sido morta diretamente por um vampiro sugando-lhes o sangue.

Nos camarotes da Elite, eram tantos vultos de morte que as cenas chegavam a se sobrepor nos espaços limitados, criando imagens ainda mais bizarras. Todos os tipos de pessoas já tinham sido mortas ali, algumas perecendo passivamente, outras encontrando seu fim enquanto se debatiam e gritavam em desespero. Mas a atenção dos três garous foi despertada por uma porta  atrás dos camarotes cuja representação umbral era idêntica à uma porta de verdade. Ironicamente, os arredores da passagem eram o local onde não surgia nenhum vulto. Se algum dos três conseguisse espiar através da película, perceberiam que era o lugar mais fortemente vigiado e guardado naquele momento.

Neste momento, quando estavam prestes a explorar a porta, algo caiu pesadamente do alto.

Spoiler:

Kate notou com horror que era Sylvanndis, extremamente ferida. Gritos e risos ecoaram pela câmara, e ela sabia que os espíritos Malditos que circundavam a área tinham finalmente os encontrado. Eles surgiram como olhos vermelhos nas sombras, erguendo-se das paredes sangrentas, lentamente tomando forma entre eles e a porta.

- Invasores, vocês encararão Sangue Derramado, Ódio Profundo e Tortura Extrema antes de sofrerem Morte Violenta!

Quatro formas humanóides monstruosas se materializaram perante os garous, e Desabrochar-do-Inverno notou que cada um correspondia à uma das descrições que as vozes anunciaram. Talvez isso indicasse que eram de classes diferentes de Malditos. Infelizmente, eles eram quatro e os garous apenas três.

MALDITOS:
Morte Violenta

Tortura Extrema

Sangue Derramado

Ódio Profundo

Foi nesse momento que Raul, o roedor de ossos, surgiu de joelho após uma angustiante passagem pela Umbra, experimentando a mesma sensação de nadar num mar de sangue podre que os outros três já tinham experimentado.  

Raul reconheceu imediatamente os outros como garous, e também sabia que os espíritos diante dele só podiam ser Malditos.

E estavam prestes a atacar.

MYRELLA

ROLAGEM:
Myrella rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Percepção+Investigação e obteve: 6 2 7 7
Que pena, Myrella não obteve sucesso!

Myrella não tinha nenhuma dificuldade em se misturar à festa, estava no sangue fianna, e uma festa de Halloween era louca o suficiente para que nenhuma atitude parecesse estranha demais.

Infelizmente, não falar o idioma era uma grande limitação. Ela teve que gritar várias vezes com o barman até conseguir uma garrafa de bebida não alcoolica. Os rótulos eram todos incompreensíveis para ela, assim como as poucas placas de segurança. conquanto fosse possível interpretar os desenhos nas placas, elas não ajudavam Myrella a entender como era a organização do lugar.

Elaviu algumas pessoas que só podiam ser funcionários, pois eram as únicas que não dançavam na festa, mantendo-e atentos a tudo. Os outros baladeiros do clube até se aproximavam dela, mas ao perceber que não falava português, desistiam rapidamente.

Mas uma coisa que não fugiu à atenção de Myrella foi a presença de uma moça pequena e muito bonita, de modos tímidos, mas dançando sensualmente, totalmente entregue à música. Ela não estava fantasiada e não parecia estar acompanhada. Tal como Myrella, ela evitava ficar perto dos funcionários ou atrair demais a atenção deles.

Spoiler:
avatar
Alexyus

Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/07/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Klauss K. em Seg Abr 23, 2018 4:31 pm

Klauss passou os olhos por toda a extensão do que podia ver, mas algumas pessoas estavam fantasiadas, o que complicava consideravelmente a tentativa de reconhecer alguém. Mas ao ver alguém vestido em trajes islâmicos, sua atenção foi atraída e ele reconheceu Shaíra Menefer. A presença dela indicava que ele não era o único garou naquele antro de sangussugas.

Shaíra estava conversando com um rapaz de cabelos rebeldes e ar igualmente rebelde.
Ela tinha cabado de ser interpelada por uma mulher vestida inteiramente de preto.

Klaus, mais perceptivo, notou que havuia vários homens armados espalhados pelo salão, agindo como seguranças, mas prontos para abrir fogo a qualquer momento.


*Ainda dançando com Aretha.*

--Bem acho que você vai cair fora agora... a nossa esquerda a muçulmana conversando com o punk e com a mulher de preto é Shaira, ela é uma Peregrina Silenciosa ou nem tão silenciosa assim visto que eu ainda não chamei a atenção de tantos homens armados quanto ela. Vá...

*Observa Aretha sair do lugar para começar a agir... caminha e passa atras de Veronica e do capanga armado para que Shaira o visse e soubesse que ele estava ali e pronto para ajuda-la .*

*Ativo o dom Senso de Batalha enquanto observo e todos os capangas armados e provaveis rotas de fuga para tirar Shaira desse encrenca ou mesmo leva-la para um dos banheiros onde tentariam romper a pelicula.*

avatar
Klauss K.

Mensagens : 276
Data de inscrição : 11/07/2016
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Krauzer em Seg Abr 23, 2018 7:27 pm

Raul se concentrava para adentrar a Umbra, mas os chiados e movimentos das criaturas o desconcentravam. Ele percebeu que não conseguiria até expulsa-los.

Sem outra saída, o Roedor assume sua forma de crinos (gasto de 1 pt de fúria) e uiva ferozmente para as criaturas, mostrando seus dentes e garras, na esperança de afugentá-las.

Obtendo ou não exito, o garou sabia que não poderia permanecer muito tempo ali após se revelar e tenta novamente adentrar a penumbra.

Desta vez ele é bem sucedido, mas a viagem é muito mais traumática do que ele imaginava. Desta vez, Raul tinha a sensação de mergulhar em um mar de sangue fétido, e emerge na contraparte umbral do clube, que mais parecia um cenário de filme de terror.
Ele caia de joelhos devido à tontura e enjoo, mas assim que olhava para os lados, percebia que havia saído da frigideira direto para o fogo:

Em meio a uma nuvem rubra semelhante a uma névoa de sangue, era possível ver quatro pessoas ( que de alguma forma, o roedor reconhecia como garous) de frente para quatro criaturas aterrorizantes que só podiam ser malditos.

Raul se levantava rapidamente e se preparava para o ataque, de olhos no maldito que estivesse mais próximo.

Possíveis ações:
* Caso as criaturas estejam próximas uma da outra, Raul evita atacar primeiro, esperando que alguma das criaturas faça o primeiro movimento e o ataque, separando-se das outras.

Neste caso, gastarei mais 1 pt de fúria para uma ação extra: na primeira, esquivar do ataque, e na segunda entrerrar as mandíbulas em seu pescoço.
avatar
Krauzer

Mensagens : 25
Data de inscrição : 26/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Crios em Ter Abr 24, 2018 6:05 pm


A chegada na umbra foi um meio traumática, e Katerine caia de joelhos, com algo vermelho que escorria de suas roupas, mas n chegava a ser absorvido. Sua respiração era pesada, como se tivesse emergido de um lugar muito fundo e já estivesse sem ar antes. Seu corpo e mente estavam esgotados da viagem e ela nem conseguia pensar direito, quando seus companheiros imediatamente vieram ao seu socorro.

esse momento o Senhor das Sombras mostra sua empatia, se ajoelha próximo de Kate e a olha nos olhos enquanto a toca no ombro.

É então que a chegada de Katerine rouba sua atenção, e ajuda a levanta-la junto a Kham.
-- Calma, Katerine. Estamos contigo, está tudo bem agora.

Katerine de primeiro momento não esboça nenhuma reação, ainda ofegante e tentando por os pensamentos em ordem. Mas após sentir que era khan, tocando seu ombro, e luke lhe falando, a garota olha para os dois, e começa a se acalmar. Katerine da um sorriso, demonstrando se sentir segura na presença deles. Esse gesto pode parecer simples, mas quando você quase morre afogado em sangue etereo, após nadar num labirinto entre as camadas metafisicas da realidade, é uma visão muito convidativa.
Enquanto termina de ficar ofegante diz:

-Es ist gut, dass ich sie hier habe.*. - Respiração profunda - A passagem foi turbulenta. Eu quase me afoguei. Mas agora estou melhor. Obrigada rapazes.

Ao notar que a respiração de Kate começa a tranquilizar e seus olhos agirem de maneira mais ordenada como se estivesse pouco a pouco reconhecendo o ambiente e sua presença, o Garou estende a mão para que sua parceira possa se apoiar e se levantar.

Os vultos sombrios continuavam a aparecer e desaparecer, intangíveis, imateriais, projetando as horripilantes cenas de suas mortes. Kate tentou falar com eles, mas não obteve resposta. Com seu conhecimento sobre ocultismo, a theurge logo percebeu que aqueles vultos não eram espíritos de Gaia, mas emanações da Umbra Negra, cujos fantasmas, incapazes de se materializarem naquele local por algum motivo, conseguiam apenas criar lembranças fantasmagóricas.

Quando a ficha cai para a theurge, ela se vira ao seus companheiros e diz:
-Agora entendi por que interagir com eles é tão inútil. Estes vultos são emanações da umbra negra. Ou seja, o reino dos mortos. Eles não estão aqui, exatamente. Eles estão em outra camada umbral. As energias da mortes nesse recinto são tão fortes que a própria umbra negra esta enviando suas energias para nós. Resumindo, é como se estivéssemos vendo naqueles vidros espelhados de interrogatório nas delegacias. Eles não nos veem. Mas nós vemos eles. Prenchemos o mesmo lugar no espaço, mas não estamos na mesma dimensão. Nossas frequências cósmica vibre em padrões diferentes.....



(***)


Neste momento, quando estavam prestes a explorar a porta, algo caiu pesadamente do alto. Kate notou com horror que era Sylvanndis, extremamente ferida. Gritos e risos ecoaram pela câmara, e ela sabia que os espíritos Malditos que circundavam a área tinham finalmente os encontrado. Eles surgiram como olhos vermelhos nas sombras, erguendo-se das paredes sangrentas, lentamente tomando forma entre eles e a porta.

Katerine entra em desespero imediato e se joga no chão de joelhos para ajudar Syl em meio a lagrimas.
-Syl, was ist mit dir passiert?**

Não podia acreditar no que esta vendo. A imagem era chocante para ela. Muitas coisas começaram a passar na mente da theurge ao mesmo tempo. Estava se sentindo culpada por ter pedido para sua numem ir até la sozinha, raiva por isso ter acontecido, medo pelo o que poderia acontecer. Tristeza por ver tal cena. Tudo era processado tão rápido que demorava um tempo para ela se tocar do que estava realmente acontecendo. O sangue de Katerine ferve, e ela começa a chorar de ODIO E TRISTEZA. Ela levanta sua cabeça, olha para os 4 espíritos e grita enquanto começa a se transforma para Crinos muito rapidamente(-1 pt de fúria)

-WER HAT DAS GEMACHT? WIRD BEZAHLEN!!!***


Ela olha para seus outros colegas, da um ultimo olhar carinhoso para Sylvanndis, pois precisava resolver isso. Ela então corre para Luke e diz enquanto usa o dom “escudo umbral” nele usando a gnose dele para fazer.

-Luke, estou usando sua gnose para criar um escudo em você. Ficarei fora do combate por enquanto. Mas assim que. voltar, eu pulo naquela vadia da Tortura Extrema – ela diz isso enquanto encara a maldita - Algo me diz que foi ela que fez isso. Irei tentar resgatar a consciência da minha Numem, ela será uma aliada vital para nossa batalha, ela é um espirito poderoso. Deixe eles bem ocupados.


Ele caia de joelhos devido à tontura e enjoo, mas assim que olhava para os lados, percebia que havia saído da frigideira direto para o fogo:

Em meio a uma nuvem rubra semelhante a uma névoa de sangue, era possível ver quatro pessoas ( que de alguma forma, o roedor reconhecia como garous) de frente para quatro criaturas aterrorizantes que só podiam ser malditos.

Raul se levantava rapidamente e se preparava para o ataque, de olhos no maldito que estivesse mais próximo.

"ah, ai esta o Roedor. Espera. Se ele entrou na umbra em forma crinos, aqui no meio de nós...isso pode significar que ele quebrou o veu não é? Ok, mas depois vejo isso"

Perecebendo a chegada do Roedor, Katerine diz rapidamente:

-Roedor? Pessima hora para dizer olá. Mas ja que esta aqui, vamos precisar de uma mãozinha.

Assim que termina a criação do escudo em Luke, Katerine vai na direção de Sylvanndis e grita:

-LUKE, VOCÊ DA AS ORDENS AGORA. LOGO VOLTAREI PARA O COMBATE, CONFIE EM MIM.

traduções:

*É bom te-los aqui
**Syl, o que aconteceu com você
***Quem fez isso? vai pagar
Off: assim que terminar isso, pretenderá doar 1 ponto de gnose para Sylvanndis, na tentativa desesperada de fortalece-la novamente. Em meio a choros e gritos

_________________
"Se o inverno é uma força devastadora, eu sou a delicada rosa que traz seu desabrochar"
Katerine Regan Rosenstock. Desabrochar-do-Inverno

Falas. Narrativa/ação. Off/Pensamentos
avatar
Crios

Mensagens : 218
Data de inscrição : 27/03/2017
Localização : http://lobisomemrpg.forumeiros.com/t61-katerine-rosenstock-hominio-theurge-uktena

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Kurosatsunomori em Qui Abr 26, 2018 1:04 am

Os vultos sombrios continuavam a aparecer e desaparecer, intangíveis, imateriais, projetando as horripilantes cenas de suas mortes. Kate tentou falar com eles, mas não obteve resposta. Com seu conhecimento sobre ocultismo, a theurge logo percebeu que aqueles vultos não eram espíritos de Gaia, mas emanações da Umbra Negra, cujos fantasmas, incapazes de se materializarem naquele local por algum motivo, conseguiam apenas criar lembranças fantasmagóricas.
Katerine escreveu:Quando a ficha cai para a theurge, ela se vira ao seus companheiros e diz:
-Agora entendi por que interagir com eles é tão inútil. Estes vultos são emanações da umbra negra. Ou seja, o reino dos mortos. Eles não estão aqui, exatamente. Eles estão em outra camada umbral. As energias da mortes nesse recinto são tão fortes que a própria umbra negra esta enviando suas energias para nós. Resumindo, é como se estivéssemos vendo naqueles vidros espelhados de interrogatório nas delegacias. Eles não nos veem. Mas nós vemos eles. Prenchemos o mesmo lugar no espaço, mas não estamos na mesma dimensão. Nossas frequências cósmica vibre em padrões diferentes.....

"Sendo assim ela estava certa, vampiros não devem conseguir entrar na umbra com facilidade, e com minha galera aqui dificilmente algo vai me assustar."

Apesar do inseucesso de interrogar os mortos, Kate, Kham e Luke chegaram à mesma conclusão por formas diferentes. Kham tentava entender as cenas dos crimes, Kate tentava perceber um padrão nas emanações e Luke imaginava onde as brigas começavam e acabavam. Pensando juntos, eles foram seguindo as emanações (alguém já tinha sido esfaquado na cabine do DJ), e rumaram para a Elite. Ali, as mortes eram menos violentas que no Porão, mas bem mais numerosas, a maioria parecia ter sido morta diretamente por um vampiro sugando-lhes o sangue.
Nos camarotes da Elite, eram tantos vultos de morte que as cenas chegavam a se sobrepor nos espaços limitados, criando imagens ainda mais bizarras. Todos os tipos de pessoas já tinham sido mortas ali, algumas perecendo passivamente, outras encontrando seu fim enquanto se debatiam e gritavam em desespero. Mas a atenção dos três garous foi despertada por uma porta  atrás dos camarotes cuja representação umbral era idêntica à uma porta de verdade. Ironicamente, os arredores da passagem eram o local onde não surgia nenhum vulto. Se algum dos três conseguisse espiar através da película, perceberiam que era o lugar mais fortemente vigiado e guardado naquele momento.

As cenas que se repetiam nem mais chamavam a atenção do lupino, ver a maneira que os vampiros atacavam suas vitimas o fez ter uma ideia mais concreta do que poderia acontecer e inclusive percebia padrões na maneira de atacarem suas vítimas.
Para vampiros esses humanos são apenas presas, talvez por aqui não seja possível ver todo o potencial deles, a final mesmo Garous fortes se recusavam entrar nessa balada, mas tendo seus companheiros por perto Kham permanecia confiante, e caminhou ao lado de seus parceiros em direção a porta, tudo envolvendo ela chamava sua atenção, e nesta direção ele seguia  em passos calmos.



Neste momento, quando estavam prestes a explorar a porta, algo caiu pesadamente do alto.

Kham parou de andar no momento que o corpo inerte de um elfo caiu diante de seus olhos.

Katerine entra em desespero imediato e se joga no chão de joelhos para ajudar Syl em meio a lagrimas.
-Syl, was ist mit dir passiert?**

De imediato Kham já sabia que era o numen da Katerine, e que passou por maus momentos. Pode ter sido emboscada ao se aproximar da porta, ou ter sido arrastada nesta direção, mas o que realmente importava no momento é que algo estava por vir.
Kham manteve todos os seus sentidos atentos pois sabia que algo poderia atacá-los por qualquer lado, talvez até já estejam cercados, e então espera pacientemente sem fazer movimentos com as patas ou o pescoço até notar que algo começa a surgir. Sem querer abaixar a guarda para qualquer que seja o lado, mantém a atenção dividida entre todas as direções ao seu redor, mas ainda imóvel.

Quatro formas humanóides monstruosas se materializaram perante os garous, e Desabrochar-do-Inverno notou que cada um correspondia à uma das descrições que as vozes anunciaram. Talvez isso indicasse que eram de classes diferentes de Malditos. Infelizmente, eles eram quatro e os garous apenas três.

"Um ataque frontal? Será que eles sabem o que estão fazendo ou são apenas espíritos perturbados?"

Sem mais poder se atentar a todo seu redor Kham aponta seu corpo para "Ódio Profundo" e o escolhe como seu alvo principal.

Foi nesse momento que Raul, o roedor de ossos, surgiu de joelho após uma angustiante passagem pela Umbra, experimentando a mesma sensação de nadar num mar de sangue podre que os outros três já tinham experimentado.

Ao ouvir o barulho de algo grande caia no chão, um som que vinha justamente no momento em que Kham se descuidou de suas costas, em um centésimo de segundo em sua mente se imaginou tendo as costelas atravessadas por algo afiado. O que veio a seguir foi um cheiro ácido que lembrou o momento em que se atentava ao olfato no banheiro da balada, era o Garou, o Roedor de Ossos que acabou de encontrá-los.

"Poderia ser um traidor e aliado dos vampiros? O que diabos ele faz aqui? E em forma guerreira, ele veio já com a intenção de lutar??"

Raul se levantava rapidamente e se preparava para o ataque, de olhos no maldito que estivesse mais próximo.

Ao ver a posição de guarda voltada para os malditos Khamaseen sente que a luta já está ganha.

--Do nosso lado? Legal!

Assim que termina a criação do escudo em Luke, Katerine vai na direção de Sylvanndis e grita:
Katerine escreveu:-LUKE, VOCÊ DA AS ORDENS AGORA. LOGO VOLTAREI PARA O COMBATE, CONFIE EM MIM.

-- Já ouvi seu pensamento Luke!

Ações:
Ação Multipla (2): Encontrão - Ódio Profundo
encontrão (direcionado para o alvo mais próximo caso "Ódio Profundo" esteja caído)

-1 FU = crinos
avatar
Kurosatsunomori

Mensagens : 125
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Alexyus em Seg Abr 30, 2018 6:37 pm

SHAÍRA & KLAUSS


Spoiler:
Klauss gasta 1/6 de Gnose para ativar o Dom senso de Batalha

Klauss percebeu, com sentidos sobrenaturais, que os seguranças do Masquerade tinham cercado a área. Eles tinham rifles preparados para disparar em Shaíra a qualquer momento. As armas não tinham mira laser, mas dificilmente todas errariam o alvo. No local em que Shaíra estava não havia nenhuma cobertura próxima, e mesmo no andar inteiro havia poucas coisas que poderiam resistir à munição que estavam usando.

Aretha caminhou discretamente em direção ao banheiro e sumiu de vista sem entrar nele.

-- Seguidores de Set... esse nome me enche de raiva... Bem Verônica, eu sei o que você é e... * Shaír dava uma boa olhada no lugar* -- A pergunta é... você está disposta a estragar esse esconderijo? Ou melhor... você TEM essa autoridade...

Verônica apenas sorriu ironicamente para as afirmações óbvias de Shaíra. Ela não parecia preocupada em começar um tiroteio ali.

-- Bem, podemos resolver isso de forma diferente... continuar com o nosso jogo de gato e rato. Ha algum tempo atrás uma princesa Andarilha foi morta aqui, algo me diz que naquela época você ocupava o lugar do assistente Doug não é? O que ela tinha de especial para vocês?..

- Eu não sabia que vocês lobisomens tinham realeza, achei que eram mais como uma tribo, com caciques e pajés. Mas nenhuma princesa morreu aqui ultimamente. Tivemos que exterminar alguns cães raivosos há cerca de um mês, mas achamos que isso seria um recado suficiente para a sua laia: fiquem longe daqui, vocês não são bem-vindos! Será que você pode levar esse recado pra eles? Viva ou morta, eu não ligo, você escolhe!

Ela mantinha a voz baixa e calma, mas Shaíra percebia que ela também estava pronta para agir.


LUKE, KATE, KHAM & RAUL

Spoiler:
KAte gasta 1 ponto de Fúria para mudar de forma

Katerine rolou 2 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Fúria e obteve: 8 1
Que pena, Katerine não obteve sucesso!

Kate gasta 1 ponto de Gnose dela e 1 de Luke para criar um Escudo Umbral com Índice de Proteção 4 para os dois

Kate gasta 1 ponto de Gnose para despertar Silvandiss

Raul gasta 1 ponto de Fúria

Raul rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 4 para Fúria e obteve: 5 8 2
Raul obteve 2 sucessos!

Kham gasta 1 ponto de Fúria para ação extra

Kham rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 3 para Fúria e obteve: 7 6 9 7
Kham obteve 4 sucessos!


Raul e Kham postaram-se rapidamente para a batalha assim que os Malditos tomaram forma, enquanto Kate tentava pensar estrategicamente e protegia a si mesma e ao Luke antes de se concentrar novamente em Silvandiss.

Mas Luke ficou congelado diante dos Malditos, talvez vítima de algum delírio, talvez apenas com puro medo e horror.

Os quatro Malditos estavam bem juntos, reunidos diante da porta, e não pareciam com pressa para atacar. Morte Violenta era a mais revoltante de se observar, mas Sangue Derramado era o mais repugnante. Tortura Extrema parecia a menos monstruosa, mas só olhar para ela já causava dores nos garous. Ódio Profundo era o mais ameaçador, e parecia ser o primeiro que atacaria, a mera presença dele parecia incitar a Fúria dos garous.

Ao mudar de forma, Kate sentiu a facilidade de recorrer à Fúria.

Ódio Profundo avançou contra o garou mais próximo, no caso, Raul.

Rolagens:
Narrador rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Presas e obteve: 2 2 9 4 10
Narrador obteve 2 sucessos!

Raul rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Esquivar e obteve: 2 10 10 9 6 6
Raul obteve 5 sucessos!

Raul rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 4 4 9 7 6
Raul obteve 3 sucessos!

Raul rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 7 7 5 9 10 1 2
Raul obteve 4 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 8 3 1 6 2 3 2 4 5 8 5
Narrador obteve 3 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Essência de Ódio Profundo cai para 20/21


Lobo de Rua pareceu se mover em câmera lenta, enquanto abaixava-se com uma inclinação para trás, evitando o soco do Maldito que ameaçava arrancar sua cabeça, e em seguida acelerou para uma ação em alta velocidade, escalando as costas de Ódio Profundo e mordendo-o na garganta. A pele do Maldito era incrivelmente densa, mas os dentes do roedor de ossos cravaram-se profundamente, fazendo escapar um pouco da essência maligna do espírito. Mas ao usar a Fúria para acelerar seus movimentos, Raul pôde sentir o caldeirão da Fúria fervendo por toda a sala.

E então Kham atacou Ódio Profundo com um encontrão.

Rolagens:
Kham rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Manobra Especial (Encontrão) e obteve: 6 7 2 8 2 1 3 2
Kham obteve 1 sucesso!

Kham rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Destreza+Esportes e obteve: 8 3 7 2 3 4 2 1
Kham obteve 1 sucesso!

Narrador rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Manobra Especial e obteve: 9 9 5 1 6
Narrador obteve 2 sucessos!

Kham rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 4 5 9 6 7 8 4
Kham obteve 4 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 9 8 8 1 7 2 4 4 9 8 7
Narrador obteve 7 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)


Kham alcançou alta velocidade, chocando-se contra o Maldito com garras, presas, o corpo todo, mas foi como bater contra uma parede. Distraído por Raul, ódio Profundo não tinha como se desviar, mas estava plantado tão fortemente no chão que o choque do lupino contra ele nem sequer o abalou. Fúria da Tempestade invocou a Fúria para menter o equilíbrio após o golpe, mas então o Caldeirão da Fúria virou.

A visão de Kham avermelhou-se, e tudo que ele via eram formas ondulantes que o irritavam profundamente. Ele nem se lembrava mais de ter aliados por perto. Só o que queria era matar tudo que estivesse se movendo.

Se Luke já estava paralisado, à visão de Kham em frenesi, ficou ainda pior.

Katerine direcionou sua Gnose para Silvandiss, que lentamente abriu os olhos, reconhecendo a theurge.

- Você demorou, afilhada...


Mas ao perceber onde estava e quem a cercava, a númen levantou-se com um salto acrobático, encaixando uma flecha na corda do arco enquanto assumia uma postura defensiva.


- Cuidado, afilhada! Esses Malditos são perigosos e muito poderosos. Estamos em desvantagem aqui, desorganizados e sem estratégia... e seu amigo acabou de entrar em frenesi!
avatar
Alexyus

Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/07/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Kurosatsunomori em Sex Maio 04, 2018 12:22 am

Ódio Profundo agiu com extrema rapidez, uma velocidade que impressionou, porém acabou se descuidando para um ataque que já estava direcionado a ele

E então Kham atacou Ódio Profundo com um encontrão.

Para a surpresa do lupino, além de rápido o espirito era muito resistente também, mal se mexeu com o golpe e pareceu também não se incomodar.

A visão de Kham avermelhou-se, e tudo que ele via eram formas ondulantes que o irritavam profundamente. Ele nem se lembrava mais de ter aliados por perto. Só o que queria era matar tudo que estivesse se movendo.

Uma forte explosão de violência tomou conta de Kham, nada parecia ter sentido, apenas havia um forte impulso que o fazia querer atacar a primeira figura que aparecesse em sua frente.

*-1 FV = Kham fecha os olhos com força para as imagens que o provocam, se distancia alguns passos e força o próprio vômito com a intenção de provocar uma descarga de energia capaz de cessar o frenesi.
avatar
Kurosatsunomori

Mensagens : 125
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Luke Duran em Sex Maio 04, 2018 1:36 am



Kate notou com horror que era Sylvanndis, extremamente ferida. Gritos e risos ecoaram pela câmara, e ela sabia que os espíritos Malditos que circundavam a área tinham finalmente os encontrado. Eles surgiram como olhos vermelhos nas sombras, erguendo-se das paredes sangrentas, lentamente tomando forma entre eles e a porta.



- Invasores, vocês encararão Sangue Derramado, Ódio Profundo e Tortura Extrema antes de sofrerem Morte Violenta!

Quatro formas humanóides monstruosas se materializaram perante os garous, e Desabrochar-do-Inverno notou que cada um correspondia à uma das descrições que as vozes anunciaram. Talvez isso indicasse que eram de classes diferentes de Malditos. Infelizmente, eles eram quatro e os garous apenas três.

Raul e Kham postaram-se rapidamente para a batalha assim que os Malditos tomaram forma, enquanto Kate tentava pensar estrategicamente e protegia a si mesma e ao Luke antes de se concentrar novamente em Silvandiss.

Mas Luke ficou congelado diante dos Malditos, talvez vítima de algum delírio, talvez apenas com puro medo e horror.

Luke sentiu um arrepio congelante correr por todo seu corpo, ao presenciar toda aquela cena.... raiva e medo acompanhavam as batidas de seu coração.
O choque foi tão grande que era como se estivesse em transe, ele não estava mais ali, havia se desligado do mundo externo por um momento, e seus olhos não se movimentavam mais.

Mas se um deles pudesse enxergar o que se passava na mente de Luke, veria ele no mais profundo abismo de sua mente, onde tudo é escuro, frente a frente com sua fera interior, uma criatura robusta com o dobro de seu tamanho, bufando e salivando. Ambos se aproximavam e Luke olhava para aqueles olhos vermelhos que o fitavam em sinergia, já bem próximo sentia o hálito quente em seu rosto enquanto se tornavam apenas um.

De repente os olhos de Luke se mostram penetrantes e vivos, e sua respiração forte e feroz. Luke estava ligado a sua fera interior, nada mais o assustava, e sentia o poder correr em suas veias com o desejo da carnificina.

Ao presenciar o que havia acontecido com seu companheiro Kham, Luke encara "Ódio Profundo" e ruge ao que parecia denotar o uso de um dom* antes de sua batalha.
Parte em direção a Ódio Profundo com um andar acelerado e pesado.

AÇÕES:
Ação Principal: Dom Resistência à Dor*
-5 FU ações extras: 2 Garradas / 2 Mordidas e 1 Esquiva
-1 FV para 1 sucesso automático no primeiro ataque

*Caso por algum motivo Ódio Profundo  não seja mais passível do restantes dos ataques, "Sangue Derramado" é seu próximo alvo
avatar
Luke Duran

Mensagens : 106
Data de inscrição : 26/03/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Krauzer em Sex Maio 04, 2018 9:44 am




Enquanto se preparava para o ataque, Raul sente o olhar de uma das quatro criaturas sobre ele, e uma explosão de adrenalina lhe indicava algo. A criatura corria rapidamente para golpeá-lo e ele conseguia escapar por pouco do golpe fulminante, para em seguida enterra com força suas mandíbulas na garganta do maldito.

A criatura era resistente e o Roedor sente que suas presas mal conseguiram perfurar seu couro. Enquanto sentia uma ínfima quantidade da energia do maldito se dissipar, um solavanco o fazia soltar a criatura, e Raul percebia que havia outro Garou lutando contra a criatura juntamente com ele.

Algo lhe indicava que o local estava para se tornar uma panela de pressão e que a fúria que sentia estava lentamente se espalhando para todos no local. Seu coração palpitava fortemente e ele se sentia à beira de um frenesi.

Raul aproveita a distração causada pelo segundo Garou e golpeia as costas do inimigo com suas garras.

OFF: Caso a tensão no local e na luta gere mais algum ponto de fúria, Raul gastará um ponto para um segundo ataque com as garras.
avatar
Krauzer

Mensagens : 25
Data de inscrição : 26/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Cetza em Sex Maio 04, 2018 7:21 pm

Eu não sabia que vocês lobisomens tinham realeza, achei que eram mais como uma tribo, com caciques e pajés. Mas nenhuma princesa morreu aqui ultimamente. Tivemos que exterminar alguns cães raivosos há cerca de um mês, mas achamos que isso seria um recado suficiente para a sua laia: fiquem longe daqui, vocês não são bem-vindos! Será que você pode levar esse recado pra eles? Viva ou morta, eu não ligo, você escolhe!

Ela mantinha a voz baixa e calma, mas Shaíra percebia que ela também estava pronta para agir.

" Então não morreu???... será que ela está mentindo... não ela não precisa mentir... " É... talvez nossos primos do norte sejam assim... Na verdade posso sim... * Shaíra olhava para os homens armados e farejava o cheiro de Klaus ali, o que a aliviava.. ela imaginava que o lobo experiente já tivesse um bom plano...* -- Eu não pretendo morrer, Peregrinos são apenas mensageiros... * Shaíra mantinha a vampira ocupada com sua ladainha criando a distração perfeita para Klaus poder agir
avatar
Cetza

Mensagens : 195
Data de inscrição : 25/03/2017
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Crios em Sab Maio 05, 2018 7:04 am

Conforme os Malditos se acumulavam, Khan e Raul engajavam em uma luta. Katerine pouco viu o embate, pois estava mais concentrada em terminar o seu escudo, e mesmo quando isso tivesse sido terminado, ela corre em Direção de sua protegida e protetora: A Numem Sylvanndis.

Katerine ficava então de joelhos de forma a assistir a luta enquanto transferia sua própria energia espiritual para sua Numem. Ela se concentra por um momento. Sente todo o seu corpo espiritual brilhar internamente. E com um canto ritimado em élfico, começava a transmitir “sua luz interior”. Tal luz se tornava escura enquanto era transferida para a elfa. Era uma sintonia energética poderosa. A luz transformava-se em trevas numa dança cósmica misteriosa e oculta, porem linda e cheia de vida.


-Ich weiß, du kannst es fühlen. Verlass mich jetzt nicht *


Katerine direcionou sua Gnose para Silvandiss, que lentamente abriu os olhos, reconhecendo a theurge.

- Você demorou, afilhada...

A visão de Kham avermelhou-se, e tudo que ele via eram formas ondulantes que o irritavam profundamente. Ele nem se lembrava mais de ter aliados por perto. Só o que queria era matar tudo que estivesse se movendo.

Se Luke já estava paralisado, à visão de Kham em frenesi, ficou ainda pior.

Katerine sorriu. Em meio ao caos, a visão de Sylvanndis se levantando e falando, era mesmo muito convidativa. Porem, seu momento de felicidade foi quebrado quando ela olha novamente para Luke, paralisado, e Khan, entrando em frenesi. e por um momento achou que estaria tudo perdido

Mas ao perceber onde estava e quem a cercava, a númen levantou-se com um salto acrobático, encaixando uma flecha na corda do arco enquanto assumia uma postura defensiva.


- Cuidado, afilhada! Esses Malditos são perigosos e muito poderosos. Estamos em desvantagem aqui, desorganizados e sem estratégia... e seu amigo acabou de entrar em frenesi!


Katerine vê luke paralisado e grita:

-LUKE ACORDA. A GENTE PRECISA DE VOCÊ. KHAN VAI MORRER SE FICAR LA SOZINHO!


Katerine fala para sua Numem, meio que pensando alto, e agora tentando se acalmar

-Nosso principal guerreiro está paralisado, e nosso “peito de ferro” está em frenesi.  Estamos seguras nessa distancia. Mas não por muito tempo.


De repente os olhos de Luke se mostram penetrantes e vivos, e sua respiração forte e feroz. Luke estava ligado a sua fera interior, nada mais o assustava, e sentia o poder correr em suas veias com o desejo da carnificina.

Ao presenciar o que havia acontecido com seu companheiro Kham, Luke encara "Ódio Profundo" e ruge ao que parecia denotar o uso de um dom* antes de sua batalha.
Parte em direção a Ódio Profundo com um andar acelerado e pesado.

Katerine fita diretamente o combate, e assiste por alguns breves segundos atônita, tentando pensar em algo. Ela sabia que teria alguns poucos segundos para pensar. Com Khan entrando em frenesi, qualquer coisa que passe por ele, sera brutalmente atacada. Por isso ele se torna uma barreira natural, dando tempo para Kat avaliar a situação.

“Tortura extrema parece a menos ameaçadora. Não parece que ela irá combater de frente como os outros. Mas ela esta guardando seus segredos. Seus olhos mostram isso. Os rapazes podem tomar conta do combate sozinhos, mas ela certamente ira esperar para atacar sua retaguarda. Os outros malditos não deram seu movimento. Temos a vantagem da iniciativa. Porém, eles terão a vantagem do contra-ataque pois saberão como estamos atacando.

Estamos em terreno desvantajoso, mas temos a iniciativa. 3 combatentes linha de frentes. Sendo Luke o mais forte, Khan o mais resistente, e este roedor de ossos que pode ser uma caixa de surpresa. Sylvanndis é o combate a longa distancia, e facilmente pode dar apoio a qualquer um. Eu sou o conringa que evita que eles entrem em confusão. E pelo visto, a que mais me preocupa é a Tortura extrema. De qualquer forma, preciso criar o escudo em khan e neste roedor.

A arte da guerra de sun tzu diz para eliminar primeiro os mais fracos. Sem Ódio profundo eles perdem 25% da sua força total de combate. Garantido este passo, ficará mais fácil derrubar um a um.  O próximo passo deles provavelmente será nos cercar, nos dividir, ou nos enfraquecer. Ou até mesmo mirar em Luke, tendo em vista que ele é o mais forte de todos nós. Mas eles não poderão fazer isso de forma decente se estiverem em menor numero. Derrotando Odio profundo, ganhamos vantagem numérica, e estrategicamente forçamos eles a recuarem.

Mas isso seria simples demais. Eles não iriam se deixar cercar tão facilmente. Eles também estão fazendo seus planos. e provavelmente colocarão eles em pratica logo logo."


Katerine finta os outros Malditos, e em especial, tortura extrema.

“Nossa ação será bem obvia e por isso é fácil pensar em um plano para nos parar. Em vez pensar sobre o que vamos fazer, eu devo pensar no que eles vão fazer. Pois seja lá o que eles forem fazer, eu preciso impedir antes que eles nos dividam, enfraqueçam ou cerquem.

Em vez de seguir o plano dos meninos, eu vou fazer exatamente o que os malditos não esperam que eu faça e forçarei eles a repensarem todos os planos.

Se eu avançar no meio deles, serei alvo fácil. A atenção estará direcionada para mim. Logo, terão pouco espaço para se focar nos meus aliados, que logo terminarão com o Ódio profundo. O sucesso do meu plano depende da velocidade deles. Mas mesmo que as coisas deem errado, ainda tenho uma carta na manga. Enfim, hora de aplicar a Blitzkrieg**”


Katerine Olha para Sylvanndis. Sua ligação era forte. O espirito provavelmente sabia que KAt estava bolando algo. Lutaram muito juntas, então sua sincronia é visível.

-Podemos estar em desvantagem. Mas temos um plano. Eu vou criar a desvantagem dele impedindo eles terem tempo de resposta. Syl, hora da Blitzkrieg.

-Use seu olhar para tentar neutralizar alguem. Se falhar, apenas me de cobertura. Escolha seus alvos com sabedoria. Eu sair viva, e o sucesso do plano depende do quão rápido os outros serão. Por isso preciso de tempo.



Katerine se lança com firmeza na direção do combate, fazendo justamente parecer que irá atacar Odio profundo e antes de chegar la grita:

-LUKE, ROEDOR, CONTINUEM FAZENDO O QUE ESTÃO FAZENDO E NÃO PAREM POR NADA. FOQUEM EM UM ALVO POR VÊZ. KHAM, OLHE MINHAS COSTAS, E ME AJUDE CASO DE MERDA. MAS AGORA, FIQUE DE COSTAS PARA MIM E AGAIXE

A uktena termina de falar quando já esta praticamente ao lado dos guerreiros. Porem, quando seria o momento de “fazer um ataque de encontrão”, ela na verdade pega impulso no corpo de Khan para dar um salto realmente grande sobre todo o campo de batalha em alta velocidade. Seu pé dava um pequeno e sutil giro no momento do salto, projetando seu corpo no meio do ar na direção dos 3 malditos, em especial, na tortura extrema.

Katerine esta eufórica pela fúria. No fundo tinha muito medo de estar cometendo uma grande bobagem, mas agora, no meio do ar, já não tinha mais volta. Ela focava o ódio para golpear a Tortura. Seu corpo projetado no meio ar agora se preparava para dar um gracioso golpe com as garras dos pés, na Tortura Extrema. Entretanto, seu corpo continuava em voo, mesmo após o golpe e indo rapidamente para frente.

Quando aterriza, ela se vira para os malditos, e manda um sorrisinho maroto desafiador.


Explicando a Ação:
Spoiler:
Katerine esta usando a manobra “Salto dilacerante”.
-1 de fúria para ação extra. A primeira ação é o salto e a segunda é para dar um golpe bem dado na tortura.
A ideia é dar o golpe no ar e cair atrás dos malditos a uma distancia “”segura””. Obrigando eles a se focarem em mim, eles naturalmente ficam flanqueados e tendo que dividir a atenção deles. O impulso nas costas de Khan a principio seria mais pra fazer a cena ficar bonita, mas se quiser considerar que eu recebo redução na Dif por pegar impulso na plataforma de 3 metros que é o Khan, eu não reclamaria kkkkk.
Se a dif porem for maior que 3, eu quero gastar FV no teste dai. Essa cena ficou mt maneira.

Off:
Spoiler:
* Eu sei, você pode sentir isso. Não me deixe agora.
** Para quem não sabe, a Blitzkrieg é uma doutrina militar usada pela Alemanha durante a segunda guerra mundial. Ela significa “guerra relâmpago”, e sua ideia consiste em enviar tanques de forma coordenada e muito rápida para flanquear o inimigo que tinha pouco tempo para responde. Foi com essa doutrina militar, que a Alemanha, derrotou a frança (considerada a nação mais poderosa militarmente na época) em um mês e meio, juntamente com boa parte da europa e um pedaço considerável da união soviética, em apenas 2 anos. Os soldados eram pegos de surpresa, não tinham tempo para se organizar, e rapidamente eram flanquados e rendidos. Katerine não é boba, e está apenas copiando a estratégia da segunda guerra. Ironicamente, ela é alemã.

O teste de salto é de destreza e esportes, mas no caso a força de Crinos que Katerine ganha nas pernas, não influencia nisso?

_________________
"Se o inverno é uma força devastadora, eu sou a delicada rosa que traz seu desabrochar"
Katerine Regan Rosenstock. Desabrochar-do-Inverno

Falas. Narrativa/ação. Off/Pensamentos
avatar
Crios

Mensagens : 218
Data de inscrição : 27/03/2017
Localização : http://lobisomemrpg.forumeiros.com/t61-katerine-rosenstock-hominio-theurge-uktena

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Klauss K. em Seg Maio 07, 2018 7:52 pm

*Klauss observa Shaira e ve a peregrina cada vez mais complicar a situação.*



dom:
Alex preciso do teste do dom Perturbar tecnologia com gasto de 1 ponto de força de vontade para sucesso automático apenas com o resultado do teste posso terminar o post.

avatar
Klauss K.

Mensagens : 276
Data de inscrição : 11/07/2016
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Alexyus em Sab Maio 19, 2018 11:34 am

KLAUSS & SHAÍRA

Perturbar Tecnologia:
Klauss gasta 2/6 de Gnose para Perturbar tecnologia

Klauss rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ativar Dom e obteve: 6 4 4 5
Klauss obteve 1 sucesso!

Shaíra escreveu:É... talvez nossos primos do norte sejam assim... Na verdade posso sim...- Eu não pretendo morrer, Peregrinos são apenas mensageiros...

Veronica deu uma bufada entediada e impaciente:

- Bem, agora que já tem sua mensagem, pode ir embora? Ou precisa que alguém te mostre a saída?

Neste instante, Klauss gesticulou e todas as luzes se apagaram, deixando todo o lugar às escuras.

Klauss e Shaíra não enxergavam nada, e só podiam esperar que o resto dos vampiros e seus lacaios também estivessem iguais.


LUKE, KATE, KHAM & RAUL

Spoiler:
Kham gasta 1/4 de Força de Vontade

Kham resistiu ao impulso arrebatador de atacar as formas moventes à sua frente com toda a sua Força de Vontade, tentando forçar um vômito ou qualquer outra descarga de energia que fosse possível, mas a Fúria continuava queimando dentro dele. Fúria da Tempestade não tinha laços de matilha que o guiassem naquele momento para agir em conjunto com outros naquele estado emocional em ebulição, só o que sentia era a agressividade crescente de ser o predador e todo o resto do mundo ser a sua presa.

Luke ataca:
Luke gasta 1/10 ponto de Força de Vontade para ativar o Dom Resistência à Dor

Raul gasta 5 pontos de Fúria para 5 ações extras

Luke rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 2 para Fúria e obteve: 9 7 7 4 6 8 8 6 10 3
Luke obteve 10 sucessos!

Luke está em frenesi

Luke gasta 2/10 de Força de Vontade para sucesso automático no 1° ataque

PRIMEIRO ATAQUE: GARRAS
Luke rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Manobra Especial e obteve: 7 2 5 4 2 5 1 3 3 4 + 1 sucesso automático por FV

Luke rolou 9 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 3 5 10 7 10 4 4 2 10
Luke obteve 4 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 3 8 4 1 2 3 6 8 4 6 9
Narrador obteve 5 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

SEGUNDO ATAQUE: GARRAS
Luke rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 1 6 8 3 4 5 9 8 8 9
Luke obteve 5 sucessos!

Luke rolou 13 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 3 4 5 10 6 7 5 8 2 1 7 1 9
Luke obteve 6 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 10 10 6 1 9 9 3 2 3 2 6
Narrador obteve 6 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

TERCEIRO ATAQUE: PRESAS
Luker rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 6 10 9 7 8 6 4 4 2 10
Luker obteve 7 sucessos!


Luker rolou 15 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 7 7 5 7 8 4 8 10 6 5 10 2 5 7 7
Luker obteve 10 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 6 7 3 8 4 4 5 10 5 3 4
Narrador obteve 4 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Essência de Ódio Profundo cai para 16/21

QUARTO ATAQUE: PRESAS
Luke rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 1 4 7 6 3 3 7 5 1 6
Luke obteve 3 sucessos!

Luke rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Dano e obteve: 3 1 6 6 6 2 7 2 2 3 8
Luke obteve 5 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 6 3 7 2 10 10 8 1 7 8 10
Narrador obteve 8 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Mesmo com a Fúria inflamada, Luke não teve medo de recorrer à ela para atacar Ódio Profundo. Ele sentiu metade do seu ser queimar aquela energia presenteada por Luna, mas antes que pudesse po-la em ação, a outra metade de seu ser incendiou-se, sua visão ficou rubra e ele sentiu o feroz instinto do predador a conduzi-lo.

Ele partiu para cima da grande forma vermelha e negra à sua frente, desferindo golpes de garras e mordidas de forma rápida e contínua. Ele não podia ver, mas os outros ao redor dele viram suas garras rasparem na pele do Maldito sem lhe causar dano. Uma dentada certeira conseguiu penetrar mais fundo na carne efêmera do espírito da Wyrm, mas a segunda mordida tmbém caiu sobre partes mais duras do inimigo.

Raul ataca:
Raul gastou 1/3 de Fúria

Raul rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 1 para Fúria e obteve: 8 10 6
Raul obteve 3 sucessos!

Raul re-rolou 1 dados de 10 lados com dificuldade 1 para Fúria e obteve: 6
Raul obteve 1 sucesso!

Raul está em frenesi

ATAQUE 1: GARRAS
Raul rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 3 3 10 5 6
Raul obteve 2 sucessos!

Raul rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 7 6 8 3 2 7 8 1
Raul obteve 5 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 5 8 4 8 2 8 8 1 4 3 3
Narrador obteve 4 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Essência de Ódio Profundo cai para 15/21

ATAQUE 2: GARRAS


Raul rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 1 6 3 5 7
Raul obteve 1 sucesso!

Raul rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 4 10 3 3 7 1 4
Raul obteve 2 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 8 7 7 3 8 10 4 3 6 4 7
Narrador obteve 7 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Raul sentiu a fornalha da Fúria aquecida e tentou ser rápido, usando-a para impulsionar seus golpes. Mas o frenesi veio sobre ele como nunca antes, turvando sua visão de vermelho e atiçando sua ferocidade contra o inimigo à sua frente.

O Roedor de Ossos saltou sobre as costas de Ódio Profundo e cravou suas garras na pele do Maldito, sentindo a essência do monstro esvaindo por suas garras. Ele arrancou as garras e atacou novamente, mas dessa vez elas apenas resvalaram na dura pele do espírito da Wyrm.

Kate ataca:
Katerine gasta 1/2 de Fúria

Katerine rolou 2 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Manobra Especial e obteve: 7 7
Katerine obteve 2 sucessos!

Katerine rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 3 para Destreza+Esporte e obteve: 7 8 8 5
Katerine obteve 4 sucessos!
Katerine rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 2 6 9 5 10
Katerine obteve 3 sucessos!

Tortura Extrema rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 6 8 10 2 10 3 4 10 9 6
Tortura Extrema obteve 7 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Katerine correu e saltou, pegando impulso nas costas do frenético Kham e voando sobre Tortura Extrema, desferindo um golpe com suas garras que faíscaram como relâmpago, mas bateram contra a dureza da Maldita, que parecia ser dura como correntes de aço. A theurge aterrissou do outro lado da briga.

Ódio Profundo ataca:
Ódio Profundo rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 1 2 10 2 6
Ódio Profundo obteve 1 sucesso!

Ódio Profundo rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 8 7 9 7 9
Ódio Profundo obteve 5 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Kham rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 10 2 3 3 9 6 7
Kham obteve 4 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Kham cai para Escoriado

Os punhos espinhudos de Ódio Profundo atingiram o rosto de Kham, mas em seu frenesi, o lupino nem sentia a dor, embora seu nariz/focinho estivesse sangrando bastante. O Maldito urrava furioso enquanto era atacado pela  frente por Kham, pelo lado por Luke e por trás por Raul, e seus rugidos pareciam atiçar ainda mais o frenesi que possuía os três.

Tortura Extrema virou-se para onde Katerine tinha aterrissado, olhando com olhares frios e sádicos, começando a rodar sua corrente com a leveza de uma bolsinha.

Silvandiss ataca:
Silvandiss rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Arma e obteve: 8 9 6 2 2 10 9
Silvandiss obteve 5 sucessos!

Silvandiss rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 1 6 3 4 7 10 8 7 4 6 8
Silvandiss obteve 7 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Tortura Extrema rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 6 1 3 7 9 3 7 5 5 1
Tortura Extrema obteve 4 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Essência de Tortura Extrema cai para 12/15

Uma flecha de Silvandiss atingiu o braço de Tortura Extrema, e a Maldita torturadora pareceu contrariada pela primeira vez desde que tinha aparecido.

Sangue Derramado e Morte Violenta estavam entre Ódio Profundo e Tortura Extrema, numa posição que os impedia de atacar os garous sem passar pelos outros Malditos. Sangue Derramado arrastou-se, deixando manchas de sangue vermelha pelo chão, para uma posição onde pudesse atacar Raul e ficar fora do campo de tiro de Silvandiss. Já Morte Violenta avançou contra a númem élfica, direto para a linha de tiro dela, com mãos magras e retorcidas, numa velocidade surpreendente.
avatar
Alexyus

Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/07/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Kurosatsunomori em Ter Maio 22, 2018 4:54 pm

Kham resistiu ao impulso arrebatador de atacar as formas moventes à sua frente com toda a sua Força de Vontade, tentando forçar um vômito ou qualquer outra descarga de energia que fosse possível, mas a Fúria continuava queimando dentro dele. Fúria da Tempestade não tinha laços de matilha que o guiassem naquele momento para agir em conjunto com outros naquele estado emocional em ebulição, só o que sentia era a agressividade crescente de ser o predador e todo o resto do mundo ser a sua presa.
Katerine correu e saltou, pegando impulso nas costas do frenético Kham e voando sobre Tortura Extrema, desferindo um golpe com suas garras que faíscaram como relâmpago, mas bateram contra a dureza da Maldita, que parecia ser dura como correntes de aço. A theurge aterrissou do outro lado da briga.
Os punhos espinhudos de Ódio Profundo atingiram o rosto de Kham, mas em seu frenesi, o lupino nem sentia a dor, embora seu nariz/focinho estivesse sangrando bastante. O Maldito urrava furioso enquanto era atacado pela  frente por Kham, pelo lado por Luke e por trás por Raul, e seus rugidos pareciam atiçar ainda mais o frenesi que possuía os três.

Por mais que Kham persistisse em controlar o frenesi, sua agressividade aumentava ao passo que os sons da briga o atiçavam, e se afastando alguns passos dos ruidos sentiu um forte peso que empurrava suas costas, era Katerine que se impulsionava para atacar os malditos que estavam do outro lado. Em seu estado atual ser empurrado dessa maneira o fez virar reflexivamente mostrando os dentes, e este foi o momento que Ódio profundo o golpeou com força no focinho ao ponto de derramar sangue.
Kham ao recuperar-se do golpe, de imediato agarrou a primeira coisa que lhe apareceu, o que parecia ser um braço, o puxou forçando as garras contra a carne e deu sequencias de mordidas na região do peito.

OFF:
Ação normal: Garras
3 FU: 3 mordidas
avatar
Kurosatsunomori

Mensagens : 125
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Krauzer em Ter Maio 22, 2018 7:31 pm

Raul atacava novamente o maldito, quando sua consciência cedia lugar para uma fúria bestial que ele nunca havia experimentado desde sua primeira mudança. Seu sangue fervia, seu coração pulsava com fervor, sua visão se tornava rubra e todos agora eram inimigos dos quais ele gostaria de saborear o sangue e desmembrar, pedaço por pedaço.





Raul atacava novamente as costas do inimigo, desta vez sem muito efeito, Sangue Derramado se preparava para ataca-lo, mas a atenção deste ainda estava voltada para Ódio Profundo.

A fera dentro dele exigia sangue, e este salta mais uma vez contra Ódio Profundo e, novamente, tenta enterrar suas presas em sua jugular.

OFF: Caso Raul tenha recuperado 1 ponto de fúria na rodada, ele gastará este ponto em mais um golpe com garras nas costas do maldito.
avatar
Krauzer

Mensagens : 25
Data de inscrição : 26/12/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Luke Duran em Qua Maio 23, 2018 5:12 pm



Katerine se lança com firmeza na direção do combate, fazendo justamente parecer que irá atacar Odio profundo e antes de chegar la grita:

-LUKE, ROEDOR, CONTINUEM FAZENDO O QUE ESTÃO FAZENDO E NÃO PAREM POR NADA. FOQUEM EM UM ALVO POR VÊZ. KHAM, OLHE MINHAS COSTAS, E ME AJUDE CASO DE MERDA. MAS AGORA, FIQUE DE COSTAS PARA MIM E AGAIXE

Foram as ultimas palavras que Luke ouviu antes de tudo que veio a seguir, mas estava tão focado que só pode concordar mentalmente.

Mesmo com a Fúria inflamada, Luke não teve medo de recorrer à ela para atacar Ódio Profundo. Ele sentiu metade do seu ser queimar aquela energia presenteada por Luna, mas antes que pudesse po-la em ação, a outra metade de seu ser incendiou-se, sua visão ficou rubra e ele sentiu o feroz instinto do predador a conduzi-lo.

Quanto mais Luke se aproximava do maldito mais raiva e ódio sentia, toda aquela aura só fomentava ainda mais sua fúria. Tudo que pudia sentir era raiva, uma agoniante raiva que rapidamente o fez perder a consciência e turvou sua visão, seu corpo emanava uma energia sem igual e sua vontade era consumi-la em violência:, seu corpo estava agitado e a mente clamava para que toda aquela energia descontrolada fosse gasta , a sensação era enlouquecedora.

"RASGAR, MORDER, DILACERAR, QUEBRAR, SANGUE... SANGUEEEE!!!" eram seus únicos pensamentos.

Ele partiu para cima da grande forma vermelha e negra à sua frente, desferindo golpes de garras e mordidas de forma rápida e contínua. Ele não podia ver, mas os outros ao redor dele viram suas garras rasparem na pele do Maldito sem lhe causar dano. Uma dentada certeira conseguiu penetrar mais fundo na carne efêmera do espírito da Wyrm, mas a segunda mordida tmbém caiu sobre partes mais duras do inimigo.
A ineficiência de seus ataques, atiçavam ainda mais a fera violenta. Luke tenta atingir o rosto do oponente com suas garras, e desfere mordidas incessavelmente com uma violência desumana.


ATAQUE:
Ação Principal: Garras
-5 FU = 5 Mordidas

OFF:
Alexyius, não tenho certeza se posso usar Engalfinhamento em frenesi.
Caso não, pode considerar:
Ação principal = Garras
5 Ações extras = Mordidas.
avatar
Luke Duran

Mensagens : 106
Data de inscrição : 26/03/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Cetza em Qui Maio 24, 2018 9:09 am

Neste instante, Klauss gesticulou e todas as luzes se apagaram, deixando todo o lugar às escuras.

Klauss e Shaíra não enxergavam nada, e só podiam esperar que o resto dos vampiros e seus lacaios também estivessem iguais.

" Sorte que Klaus está aqui... tenho que aproveitar o momento e dar o fora daqui!"* Shaira aproveitava a escuridão para poder se juntar à Klaus, usando de sua memória para se orientar no escuro ela procuraria por Klaus*
avatar
Cetza

Mensagens : 195
Data de inscrição : 25/03/2017
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Freya em Seg Maio 28, 2018 9:01 pm

Era uma pena que não compreendesse a língua e isso atrapalhava muito minha vida quando precisava obter informações para meus aliados no futuro. Mas quem sabe essa incapacidade de compreender fosse até útil para mim. Apesar de não poder entender o que falavam, os sanguessugas teriam, no máximo, a possível visão de minha pessoa acompanhada da outra ruiva para usar contra mim na hipótese de sermos "pegos" por ali. A quase segurança de antes não era tão presente agora, que a realidade começava a cair como a garoa. As garras do lobisomens poderiam ser poderosas e letais, mas quantos maculados pela Wyrm existiam ali? E quantas daquelas pessoas eram mortais e sucumbiriam ao Delírio e enlouqueceriam - se não ficassem parados babando igual um bando de idiotas - se as coisas realmente esquentassem e um bando de lobos com uns três metros de altura, musculosos e cheios de pelos surgissem ali cortando gargantas e estraçalhando corpos? Duvidava que os vampiros fossem deixar aquilo "barato" e não revidar a altura.

"Tomara que eu esteja errada... Que todos nós estejamos e nada fique tão ruim como tendem a ficar quando nos envolvemos."

A esperança tola e ingenua sabia que não havia lugar para ela no mundo real e só de ainda estarmos todos respirando já era uma dadiva. Dançando e 'acompanhando a música', aproximei-me da jovem que dançava sensualmente. Se ficasse próxima o suficiente, quem sabe fosse capaz de discernir mais detalhes e descobrir algo? Quem sabe a jovem tentasse alguma aproximação, vai saber. Era uma oportunidade de verificar também, tentando ser discreta enquanto bebia, se havia sinais que indicassem não ser humana. Veias que não parecessem pulsar, aquela fúria selvagem e sobrenatural dos garou em cada gesto... Talvez fosse capaz de notar algo, apesar de achar quase impossível que uma mera humana percebesse coisas tão sutis sem me aproximar mais do que a razão parecia tornar aceitável ou lógico.
avatar
Freya

Mensagens : 44
Data de inscrição : 28/11/2017
Idade : 21
Localização : Por ai, champs.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Crios em Qua Maio 30, 2018 2:06 am

A situação como um todo ainda esta meio a meio, com uma leve pendencia ao lado dos garous. A theurge sabia que precisava manter a pressão. Os guerreiros precisavam de tempo. A sua direita, Sangue derramado perseguia Raul. A sua frente, Tortura extrema tentava seu ataque. E mais a frente ainda, Morte violenta avançava contra Sylvanndis.
 
A theurge olha sem surpresas muita surpresa, num olhar baixo, porem, com os dentes a mostra, num rosnado baixo demonstrando a sua raiva. Enquanto tortura extrema começava a se mexer, Katerine via 3 opções: Ajudar Raul, atacar a Tortura, ou tentar ajudar Sylvanndis. A uktena pensava:
 
“Agora entendi o motivo dos 3 malditos não terem feito nada. O fogo da fúria não apaga. Está forte até demais. Provavelmente, coisa do ódio profundo. Isso fez os garou entrarem em frenesi com facilidade. Ou seja, os malditos não fizeram nada, pois não precisavam. Apenas deixariam os próprios garous se matarem. Esperto. É mais sensato eu me manter longe dali. É uma Trap.
 
Sangue derramado esta avançando para cima de Raul. Apesar de me preocupar com a sua carta na manga, ter mais um sujeito lá pode ser a diferença entre eles atacarem uns aos outros gratuitamente. Então por mais que eu queira ajudar Raul, se eu me meter la, serei atacada por todos os lados, alem de ficar presa la tentando me defender e deixarei o campo mais livre para tortura extrema e morte violenta atacarem Sylvanndis. Péssimo movimento. 3 problemas, mas nenhuma vantagem estratégica para nós.
 
Preciso continuar dando tempo aos guerreiros. Então para isso o mais sensato vai ser me reposicionar... Preciso jogar como eles estão jogando. Desconcentra-los”
 
Katerine foca-se na tortura extrema, encarando a corrente procurando o melhor momento de agir. Enquanto isso, ela começa a dar uns passos para a esquerda, mantendo foco no espirito. Como quando lutadores de mma ficando dando voltinhas no octagono, Katerine foca nos olhos do espirito, porem a sua intenção, era apenas ficar melhor posicionada para a ação a seguir. Enquanto dava seus passos, ela dizia tentando distrair. E se sua fala não servir como provocação, talvez sirva como informação. As palavras foram pensadas e selecionadas:
 
-Querida, por que quatro espíritos estaria tão interessados em proteger uma porta. Foram os vampiros que te mandaram? Pensava que eles apenas interagiam com a umbra baixa. Que decepção. Pensei que espíritos da Wyrm não fossem se rebaixar tanto. Jurava que vocês eram melhores do que estas lesmas sangue sugas, não escravos deles kkk
 
Ela da um pequeno tempo para a maldita se pronunciar, porem quando a Theurge termina de se posicionar, ela sorri, como se todas as peças do tabuleiro estivessem no lugar para dar o chque mate.




 
-SCHWEINHUND!!! – O grito evoca sua fúria interior. O fogo aquece seu corpo o preparando para a batalha.
 
Katerine corre na direção de tortura extrema. Ela prepara-se durante a corrida para projetar seu corpo para um salto dilacerante sobre Tortura extrema.  Esse salto obviamente abriria sua guarda para ser atacada. O ataque poderia ser previsível já para a maldita que já levou o mesmo ataque antes. Tortura extrema não cairia no mesmo truque duas vezes e presumivelmente, atacaria Katerine no ar com sua corrente que estava girando. Tortura estava exatamente onde a Uktena queria. Kat Estava exatamente encima da Tortura Extrema quando seus braços estavam em posição de ataque. MAS, eis que vem a surpresa especial. Katerine não estava indo atacar a maldita! Ela aproveitou-se da oportunidade, e em vez de atacar, ela puxou a corrente com toda sua força. Afinal, não era apenas a sua força bruta, era a força da aceleração do salto na direção das costas da maldirá que teria que desdobrar se quisesse continuar segurando a corrente.
 
O Grande truque foi se posicionar, fazer o espirito achar que Katerine repetiria ação de antes, mas na hora H, fazer o inesperado. Aproveitando-se da velocidade do salto e da força de crinos, para desarma-la, cair em uma posição que impessa um ataque imediato da maldita, e de quebra galho, cair num lugar onde Morte Violenta tenha que passar por Katerine para atacar Sylvanndis, evitando que a numem seja atacada.
 
No ar, Katerine da um beijo na maldita, num claro ato de provocação, e termina o salto bem em entre de morte violenta e Sylvanndis. O corpo grande dela impediria qualquer eventual ataque do maldito contra a Numem. Quando cai, olha para Morte e diz: 


-Vai a algum lugar?


Quando se levanta melhor, Kat diz sorrindo para a maldita:
 
-Peguei a corrente e sai voando. Pau no cu de quem estava segurando, meu amor. – Dizia Kat enquanto colocava o dendo do meio entre os lábios, e mandava beijinho para a maldita. A intenção era provocar cada vez mais o espirito. Tentar deixa-la mais irracional. 
 
Em caso de sucesso, a theurge pensa:


"Jogada completa. Desarmei uma. evitei ataque a outra. Os rapazes tem mais um inimigo para queimar sua furia envez de queimar uns aos outros. Provavelmente sairam de suas posições pois eu tinha chego. Se não, o mais provavel é que os garou estivesse se matando nesse momento e os malditos nem precisariam mover um dedo. A maré esta virando a bosso favor. Devo continuar garantindo o posicionamento. vamos torcer para que continue assim"



Ação e Nota em off:

Salto dilacerante com gasto de 1 de fúria. Uma ação de pulo, e uma ação para pegar a arma no ar. Quero cair entre Sylvanndis e Morte Violenta. Assim ele também acaba ficando surpreso, e tendo que mudar o curso de sua ação.
 
O grande truque, foi o posicionamento. Alem da força bruta que tinha, contava ainda com a força de aceleração da corrida na direção contraria do corpo do espirito.  Força = massa X aceleração. Faça as contas. Alem de que, Tortura extrema tem um corpo “humano” e Katerine a forçaria quebrar o braço se a maldita não soltasse a corrente. Quer ver? Levante o braço esquerdo a altura da cabeça. Tipo apontando para o ceu verticalmente. Agora tente continuar jogando o braço para trás. Verá que chega um momento em que seu braço já não consegue mais fazer o movimento, ou ele quebra. Imagine-se segurando uma corrente, e tentando fazer força contra um crinos voando em alta velocidade em uma posição em que seu braço fica desfavorável.

]

1- passos pro lado, discursinho. 
2- corrida e salto
3- açãozinha
4- onde eu quero cair.

" />

_________________
"Se o inverno é uma força devastadora, eu sou a delicada rosa que traz seu desabrochar"
Katerine Regan Rosenstock. Desabrochar-do-Inverno

Falas. Narrativa/ação. Off/Pensamentos
avatar
Crios

Mensagens : 218
Data de inscrição : 27/03/2017
Localização : http://lobisomemrpg.forumeiros.com/t61-katerine-rosenstock-hominio-theurge-uktena

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Klauss K. em Qua Maio 30, 2018 9:45 am

*Klauss assume sua forma glabro aproveitando a escuridão e chama por Shaira na liguagem garou enquanto força a pelicula, sua prioridade era tirar a peregrina silecniosa do perigo.*

-- Passos sobre a areia... aqui vamos para o mundo dos espíritos.

off
caso a pelicula esteja muito densa ou não consiga os sucessos suficientes para passagem rapida, segura Shaira pela mão e corre em direção a saida
avatar
Klauss K.

Mensagens : 276
Data de inscrição : 11/07/2016
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Alexyus em Qui Maio 31, 2018 10:38 pm

KLAUSS & SHAÍRA

ROLAGENS:
Shaíra rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 9 para Esquivar e obteve: 10 4 10 1 1
Que pena, Shaíra não obteve sucesso!

Narrador rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 3 2 8 9 10
Narrador obteve 3 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Shaíra rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 1 5 6 4
Shaíra obteve 1 sucesso! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Shaíra cai pra Machucada, -1 nas rolagens, dano agravado

Klauss rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Vigor+Instinto primitivo e obteve: 3 9 5 6 2 6
Klauss obteve 1 sucesso!

Klauss rolou 9 dados de 10 lados com dificuldade 9 para Esquivar e obteve: 10 8 4 3 10 10 6 4 2
Klauss obteve 3 sucessos!

Klauss rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Gnose e obteve: 5 4 9 7 8 4
Klauss obteve 3 sucessos!
As luzes se apagaram, mas Klauss e Shaíra viram vários pares de olhos vermelhos brilharem na escuridão, mostrando que alguns vampiros não estavam tao cegos quanto eles.

Tiros espocaram no breu total, quase abafando as palavras guturais que Klauss produzia na língua garou. Shaíra lembrava-se de onde ele estava e correu na direção dele, mas um disparo atingiu-a no ombro por trás, queimando a carne na familiar e desagradável sensação do contato hostil da prata no projétil.

Ainda assim, Shaíra conseguiu alcançar Klauss, que abaixou-se a tempo de evitar um tiro que ricocheteou na parede atrás dele. No instante em que sentiu a mão de Shaíra na sua, Klauss forçou a Película para adentrar o mundo espiritual.

klauss escreveu:-- Passos sobre a areia... aqui vamos para o mundo dos espíritos.

A sensação horrível, de mergulhar numa piscina de sangue pútrido, foi breve, e quase instantaneamente Shaíra e Klauss se viram num lugar muito semelhante ao salão da Elite do Masquerade. Mas havia efeitos umbrais que adicionavam clima ainda mais tenebroso que no mundo material: espectros de pessoas sendo mortas violentamente, a maioria por mordidas de vampiro, surgiam e desapareciam, concentradas principalmente nos camarotes onde chegavam a se sobrepor, compondo cenas ainda mais grotescas. As paredes escorriam sangue vermelho e negro, em alguns momentos borbulhando como ferimentos graves e recentes, semelhante ao do ombro de Passos sobre a Areia.

No fim do salão, quatro garous na forma crinos estavam cercados por cinco espíritos, uma elfa arqueira e quatro monstros saídos dos pesadelos mais depravados.

LUKE, KHAM, KATE & RAUL

KHAM ATACA:
Kham gasta 3 de Fúria para 3 ataques extras

ATAQUE COM GARRAS
Kham rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 6 7 6 6 6 6 9 7
Kham obteve 8 sucessos!

Kham rolou 15 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 8 10 6 10 8 10 3 5 2 2 6 8 1 6 5
Kham obteve 9 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 2 10 9 6 1 1 2 4 2 6 7
Narrador obteve 5 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Essência de Ódio Profundo cai para 11/21

ATAQUE COM PRESAS 1
Kham rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 5 3 5 9 5 5 2 2
Kham obteve 5 sucessos!

Kham rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 4 8 8 6 8 1 5 10 8 9 6
Kham obteve 8 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 2 7 7 7 7 4 10 8 2 6 8
Narrador obteve 8 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

ATAQUE COM PRESAS 2
Kham rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 6 10 9 4 9 5 7 5
Kham obteve 7 sucessos!

Kham rolou 14 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 9 7 1 1 5 1 3 8 6 6 8 2 1 3
Kham obteve 6 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 3 1 10 3 2 7 5 4 3 2 2
Narrador obteve 2 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Essência de Ódio Profundo cai para 7/21

ATAQUE COM PRESAS 3
Kham rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 4 4 1 9 9 7 5 9
Kham obteve 4 sucessos!

Kham rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 5 1 6 4 10 2 5 4 6 7 7
Kham obteve 5 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 8 9 8 2 3 6 2 10 1 8 9
Narrador obteve 7 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)


Khamaseen avançou novamente contra Ódio Profundo, atacando com as garras, rápido como um raio, abrindo três talhos na pele vermelha do Maldito, da qual espirrou a efêmera que o alimentava,

O senhor das sombras, impulsionado por sua Fúria, abocanhou o braço do Maldito, inicialmente, apenas ficando pendurado nele, mas a insistência de forçar sua mandíbula contra os músculos do espírito da Wyrm afinal conseguiram penetrar na pele dura e fazer um belo estrago. Ele ainda tentou forçar para se aprofundar mais, mas não conseguiu mais resultados.

RAUL ATACA:
ATAQUE COM PRESAS
Raul rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 7 1 8 7 4
Raul obteve 2 sucessos!

Raul rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 7 8 2 1 9 6 1 4
Raul obteve 4 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 6 5 6 2 7 1 6 10 4 10 6
Narrador obteve 7 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Raul usa 1 de Fúria

ATAQUE COM GARRAS
Raul rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 7 6 7 7 7
Raul obteve 5 sucessos!

Raul rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 1 5 10 4 3 5 1 1 4 1 9
Raul obteve 2 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 5 4 1 6 10 6 5 3 7 9 2
Narrador obteve 5 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)


Raul estava às costas do Maldito, entregue ao frenesi, mordendo e arranhando furiosamente, mas seus golpes não atravessavam a retaguarda de Ódio Profundo.

LUKE ATACA:
ATAQUE COM GARRAS
Luke rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 3 10 1 7 9 7 4 6 10 9
Luke obteve 6 sucessos!

Luke rolou 14 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 2 1 7 4 2 8 9 6 8 1 3 2 1 5
Luke obteve 5 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 10 4 10 1 7 9 8 5 8 10 9
Narrador obteve 8 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Luke usa 5 de Fúria

MORDIDA 1
Luke rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 1 10 6 7 8 4 1 3 7 5
Luke obteve 4 sucessos!

Luke rolou 12 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 6 7 2 6 2 4 4 8 1 10 8 8
Luke obteve 7 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 6 2 5 2 2 7 3 8 7 9 8
Narrador obteve 6 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

MORDIDA 2
Luke rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 1 5 7 8 3 4 4 8 9 4
Luke obteve 4 sucessos!

Luke rolou 12 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 5 10 1 4 10 6 3 10 6 2 5 3
Luke obteve 5 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 5 9 3 10 9 3 6 6 6 10 2
Narrador obteve 7 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

MORDIDA 3
Luke rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 8 4 10 9 4 10 10 3 3 6
Luke obteve 6 sucessos!

Luke rolou 14 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 1 9 7 1 7 8 8 8 10 7 9 2 2 10
Luke obteve 10 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 10 6 3 9 7 8 9 10 10 7 4
Narrador obteve 9 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Essência de Ódio Profundo cai para 6/21

MORDIDA 4
Luke rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 5 9 9 4 1 6 7 5 1 2
Luke obteve 4 sucessos!

Luke rolou 12 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 2 2 10 5 4 5 4 1 5 5 9 8
Luke obteve 3 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 3 5 7 9 4 10 1 6 8 2 3
Narrador obteve 5 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

MORDIDA 5
Luke rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 6 4 4 4 10 5 7 5 9 10
Luke obteve 7 sucessos!

Luke rolou 15 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 2 4 10 10 10 5 9 3 9 1 4 10 3 6 9
Luke obteve 8 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Narrador rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 2 8 9 3 4 2 1 9 3 3 5
Narrador obteve 3 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Essência de Ódio Profundo cai para 3/21

Fúria de Gaia era um furacão de golpes contra Ódio Profundo, arranhando e desferindo poderosas mordidas na velociade que sua Fúria queimava. Alguns golpes não surtiam tanto efeito, mas quase todos abriam novos ferimentos no Mladito da Wyrm, debilitando ainda mais a efêmera que restava ao inimigo.

ÓDIO PROFUNDO ATACA:
Narrador rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 9 7 3 1 6
Narrador obteve 2 sucessos!

Narrador rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 9 5 7 7 6 7
Narrador obteve 5 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Luke rolou 9 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 2 2 6 5 3 6 3 3 2
Luke obteve 2 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Luke cai para Ferido, -2 nas rolagens, dano agravado

Ódio Profundo reagiu contra o garou que parecia ser a maior ameaça, e martelou a cabeça de Luke com um punho pesado como uma parede. Mesmo em frenesi, Fúria de Gaia viu estrelas brancas em meio ao breu vermelho que lhe turvava a visão.

KATE ATACA:
Kate usa 1 de Fúria para Salto Dilacerante

Katerine rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 3 para Saltar e obteve: 9 1 9 1
Que pena, Katerine não obteve sucesso!

Katerine rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 9 para Destreza+Briga e obteve: 10 10 9 6 1
Katerine obteve 2 sucessos!

Tortura Extrema rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Arma e obteve: 8 5 2 8 8 5 6 6 5 6
Tortura Extrema obteve 6 sucessos!

Tortura Extrema rolou 15 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 10 1 7 5 2 5 5 4 6 5 3 8 6 9 6
Tortura Extrema obteve 7 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Katerine rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 8 7 9 10 5
Katerine obteve 4 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Katerine cai para Ferida, -1-1=-2 nas rolagens, dano agravado


Kate tentou saltar de novo sobre Tortura Extrema, pegar a corrente dela, torcer o braço da Maldita e cair entre Morte Violenta e Silvandiss.

Mas ao pegar impulso, escorregou em algo, talvez sangue que escorria de Sangue Derramado ou das paredes, e em vez de voar sobre Tortura Extrema, cambaleou na direção dela, desequilibrada. A Maldita rodou com elegância, girando a corrente até pegar o braço estendido de Desabrochar-do-Inverno, deixando que ela passasse caindo até os pés de Morte Violenta, puxando seu braço para trás num ânguo antinatural. A dor foi muito maior do que Katerine poderia ter esperado, e a corrente era como prata esmagando os músculos de seu pulso e antebraço.

MORTE VIOLENTA ATACA:
Morte Violenta rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 3 5 6 9 1
Morte Violenta obteve 1 sucesso!

Morte Violenta rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 9 5 7 10 4 2
Morte Violenta obteve 3 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Katerine rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 9 9 2 2 3
Katerine obteve 2 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Katerine cai para Ferida Gravemente, -2 nas rolagens, dano agravado

Ao menos a queda de Kate chamou a atenção de Morte Violenta, que se deteve para acertar um pisão diretamente na cabeça de Kate. Foi como se uma lápide esmagasse não apenas o crânio e o cérebro da Rosenstock, mas também seu espírito; ela sentiu sua alma sendo espremida para fora de seu corpo junto com o sangue jorrando do nariz e ouvidos.

SILVANDISS ATACA:
Silvandiss rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Arma e obteve: 3 5 7 3 5 7 10
Silvandiss obteve 3 sucessos!

Silvandiss rolou 9 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 8 5 8 6 9 2 9 6 6
Silvandiss obteve 7 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Morte Violenta rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 8 7 10 3 1 3 1 3 6 10
Morte Violenta obteve 5 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Essência de Morte Violenta cai para 15/17


Silvandiss viu Kate sendo esmagada e disparou outra flecha, mirando Morte Violenta, que se cravou na garganta escancara da Maldita. Mas Morte Violenta quebrou a flecha ao fechar a boca, destroçando o projétil.

SANGUE DERRAMADO ATACA:
Sangue Derramado rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 7 8 7 9 1
Narrador obteve 3 sucessos!

Sangue Derramado rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 1 8 10 2 3 2 6 8
Narrador obteve 4 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Raul rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 10 5 5 5 4
Raul obteve 1 sucesso! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Raul cai para Ferido, -1 nas rolagens, dano agravado

Sangue Derramado arrastou-se até próximo de onde Raul pulava e mordia Ódio Profundo. O golpe do Maldito veio sem que Raul pudesse se defender, uma porrada na orelha do roedor de ossos que quase o esmagou contra a parede. Do fundo do frenesi, Lobo de Rua sabia que parte do sangue que via era dele mesmo.

Kate, Klauss e Shaíra podiam ver o sangue espirrar como chafariz de cada orifício do roedor de ossos.




MYRELLA


Spoiler:
Myrella rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 9 para Manobra Especial e obteve: 6 8 7 8 5
Que pena, Myrella não obteve sucesso!

Myrella percebeu a moça que a olhava, tentando disfarçar, e deu uma boa analisada nela, tanto quanto podia naquele ambiente.

Ela com certeza estava sozinha, era bonita acima da média, parecia estar gostando imensamente de dançar, mas decididamente mantinha-se discreta e beeem longe da segurança.

Havia algo estranho e intrigante nela, mas se era sobrenatural ou não, Myrella não saberia dizer.

Parecia também que a garota era ainda mais tímida que a própria Myrella, e não arriscaria uma abordagem tão cedo.
avatar
Alexyus

Mensagens : 423
Data de inscrição : 05/07/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Freya em Sex Jun 01, 2018 4:58 pm

Havia tentando aprender o máximo sobre a garota que podia e, no entanto, não haviam muitos detalhes que havia conseguido perceber sem uma abordagem mais direta do que aquela que até então estava tendo. Com um sorriso nos lábios, aproximei-me ainda mais dela dançando junto dela. A garota podia se afastar ou "retribuir" a aproximação e o aumento da proximidade talvez me deixasse perceber maiores detalhes. Sabia que havia algo diferente nela e não tinha certeza que eu gostaria de descobrir qual era a diferença, todavia era um risco que tinha que correr para auxiliar meus companheiros que agora haviam "mergulhado" para a Umbra. A cada pequeno gesto enquanto dançava, tentava imprimir o máximo de sensualidade que me era possível - e esperava que o sangue Fianna me ajudasse nisso - e trocava olhares com a outra. Uma parte de mim agradeceu por eu não me incomodar em ficar com garotas caso fosse preciso fazer tal ação.

Não era a primeira vez, eu acho, que deixava o sangue Fianna guiar meus passos e uma ideia "estranha" começou a se insinuar para mim do mesmo modo que eu começava a me insinuar para a dama. Kat e os amigos dela não poderiam ser os únicos garous investigando o desaparecimento da matilha, certo? Se houvesse algum por perto, talvez, com a combinação da minha aparência selvagem e a forma esquisita que eles identificassem os Parentes servisse para atrair a atenção de algum nas proximidades, que estivesse "distraído" o suficiente para captar os sinais, e torcia para que se aproximasse. Caso conseguisse combinar a atenção de quaisquer eventuais garous que pudessem estar presentes para pedir ajuda para meus companheiros - e garras extras sempre eram úteis quando se estava lutando contra mortos vivos - com a garota que ainda me fazia questionar o que era - porque eu tinha certeza que existia alguma coisa diferente ali -, quem sabe o jogo mudasse ao nosso favor.

Desistindo de ficar apenas dançando, decidi que precisava arriscar a abordagem direta. A jovem se mantinha a uma distância segura dos seguranças e demais funcionários do lugar, o que poderia significar que não era uma sanguessuga e que preferia não se misturar com aquele tipo de gente. Claro, poderia ainda ser uma das maculadas da Wyrm e só querer atrair novas presas. Seria possível descobrir sem arriscar? Dificilmente. Além disso, seria mais fácil não ser notada se efetivamente parecesse fazer parte da festa e estar me divertindo ali. Em meio a tantas pessoas dançando, a música e vai e vem de humanos, vampiros e sabe-se lá mais o que, meus movimentos e tentativas de avaliar as pessoas e o lugar seriam mais facilmente camuflados.

Hey, olá! Gostando da festa? — Tentei falar por cima da música, em inglês, para a garota. Esperava que minha voz soasse segura por cima da música e que a aproximação não a irritasse.

A ideia inicial de ter uma aliada ali superava minha mente que trabalhava para enunciar as dezenas de coisas que poderiam sair errado. Como o que? Em uma festa de vampiros onde uma matilha sumiu, que chances alguém que, para todos os fins, era humana tinha? Qual a probabilidade de eu sair dali viva se as coisas ficassem quentes? Minimas ou inexistentes, mas havia a parte racional - sim, Parentes e Garous Fianna ainda tinham uma parte racional apesar de sermos conhecidos principalmente por nossa passionalidade e festas sem igual - que ordenava que me acalmasse e agisse de modo mais tranquilo. Sequei a mão oposta a da bebida, que tomei mais um pouco agora, na roupa. Eu não era uma covarde e não sairia correndo dali só porque estava um pouco complicado e porque a missão era quase suicídio.

"Isso não é problema seu!", podia ouvir uma parte gritando e mentalmente revirei os olhos. Família era família e prometera ajudar Katerine enquanto estivesse ali. Faria isso o melhor que pudesse, sabendo que haviam também mais coisas em jogo que apenas a ligação familiar. Se corresse a primeira dificuldade, como poderia olhar novamente minha prima? Como poderia encarar meu pai e irmão sabendo que havia falhado? Não, aquela pessoa que queria correr não era a Parente. Não era aquela garota que conseguia se segurar e agir o mais normalmente possível quando pessoas se transformavam em lobos de bipedes de uns três metros de altura. Podia até não lembrar de meu passado, mas tinha certeza que não havia sido criada para ter medo e fugir como uma criança com medo do escuro. Naquele momento, as palavras que havia escutado em uma série ecoaram em minha mente (“Às vezes é bom ter medo. Significa que você ainda tem algo a perder”) e quase me consolaram por sentir medo naquela noite. Quase.
avatar
Freya

Mensagens : 44
Data de inscrição : 28/11/2017
Idade : 21
Localização : Por ai, champs.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Kurosatsunomori em Ter Jun 05, 2018 11:34 pm

Ódio Profundo reagiu contra o garou que parecia ser a maior ameaça, e martelou a cabeça de Luke com um punho pesado como uma parede. Mesmo em frenesi, Fúria de Gaia viu estrelas brancas em meio ao breu vermelho que lhe turvava a visão.

A criatura que incitava cada vez mais o ódio de Kham virou-se para o lado desferindo um golpe e acabou deixando a região das costelas vulneraveis. Tendo essa brecha Khamaseen atacou com as garras nessa região na tentativa de esmagá-las.

Ações:
Ação normal: Garras
-1 FU (Ação extra) = Garras
avatar
Kurosatsunomori

Mensagens : 125
Data de inscrição : 28/03/2017
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NOITE dos VAMPIROS

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum