Luke Duran - Entre a Fúria e a Paz

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Luke Duran - Entre a Fúria e a Paz

Mensagem por Cetza em Ter Out 24, 2017 11:34 pm


Entre a Fúria e a Paz


Luke voltava para sua casa, ele ainda carregava na memória as lembranças da cerimônia ocorrida no Caern de fertilidade, ele agora era um genuíno guerreiro de Gaia e não mais um filhote. Ele deixara para atrás as amizades que ele formara lá, laços esses que seriam fortes e duradouros. A viagem para o interior de Manuas fora bastante tranquila, Luke podia ver a copa das árvores enquanto a cidade se aproximava... era uma imagem um tanto perturbadora da ação humana contra a floresta, mas Luke apenas pensava em seu retorno e nos afazeres de sua vida, tinha sua casa e a lenha para cortar e claro reformar o galinheiro e a cerca do pomar.... era um pouco estranho para ele retornar à sua vida normal, os pensamentos de Luke se concentravam no agora quando o trem de pouso do avião tocava o solo.


* * * Aeroporto
Luke ao sair do avião, seu telefone apitava indicando o recebimento de não só uma ligação, mas sim de várias, era Kate sua namorada. Luke notava umas 10 ligações dela, que ele não pode atender no avião, ela lhe mandara uma mensagem por voz que ao ouvi-la Luke notava o tom de preocupação dela:

-- Luke, estou te ligando faz um tempão, amor eu não sei o que aconteceu, mas tem uns policiais à sua procura. Eles fizeram perguntas para mim e para o Nikolau... ficamos na dúvida em contar onde estava... olhe... tome cuidado..


Luke apenas ouvia o click final da mensagem dela, ele não fazia ideia do por que policiais estariam à sua procura...em sua mente ele se lembrava das coisas que fizera no passado como também se lembrava de que havia Pumoncas naquela região. Enquanto ele andava pelo saguão do aeroporto preocupado com aquele problema repentino, uma voz feminina lhe interpelava no saguão. Luke via dois policiais, pareciam que eles sabiam que ele estaria naquele voo...

(Policial feminina) -- Luke Duran? Poderia nos acompanhar por um momento? Temos algumas perguntas para lhe fazer
avatar
Cetza

Mensagens : 159
Data de inscrição : 25/03/2017
Idade : 32

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luke Duran - Entre a Fúria e a Paz

Mensagem por Luke Duran em Sex Out 27, 2017 9:21 pm

Luke estava ao mesmo tempo feliz e satisfeito por tal homenagem e subida de posto, pois agora poderia se considerar um garou de verdade, mas sentia por deixar seus amigos para trás, pelo menos por hora... ele sentia saudades de sua namorada Kate e seu cunhado e amigo Nikolau, e queria os reencontrar novamente.

Luke ao sair do avião, seu telefone apitava indicando o recebimento de não só uma ligação, mas sim de várias, era Kate sua namorada. Luke notava umas 10 ligações dela, que ele não pode atender no avião, ela lhe mandara uma mensagem por voz que ao ouvi-la Luke notava o tom de preocupação dela:

-- Luke, estou te ligando faz um tempão, amor eu não sei o que aconteceu, mas tem uns policiais à sua procura. Eles fizeram perguntas para mim e para o Nikolau... ficamos na dúvida em contar onde estava... olhe... tome cuidado..

" O que será que está acontecendo ? Sei que meu passado anterior a ser acolhido pela minha tribo não foi bom, mas por que agora ?"

*Luke responde a mensagem de voz* com um sms, dizendo:
-- Não se preocupe, gatinha! Estou bem, logo estarei aí. Bjs

Luke pensava no ocorrido... não tinha nada particular contra a polícia, mas sabia bem que em sua juventude largada, havia feito coisas de que poderia não sair impune, se pego.

(Policial feminina) -- Luke Duran? Poderia nos acompanhar por um momento? Temos algumas perguntas para lhe fazer
-- Pois não?! Responde, desconfiado e cuidadoso ao ser abordado pelo nome.
-- Claro, sem problemas! Disse de forma fria, sem esbanjar entusiasmo nem prontidão, enquanto disfarçava sua insatisfação.
"Droga... o que esses tiras querem comigo?! Preciso sair dessa, só preciso de uma oportunidade."
avatar
Luke Duran

Mensagens : 81
Data de inscrição : 26/03/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luke Duran - Entre a Fúria e a Paz

Mensagem por Cetza em Sex Nov 03, 2017 10:17 am

Os policiais se apresentavam para Luke mostrando suas identificações, ele via os nomes Fernanda e Jonas, e convidavam o guerreiro de Gaia para segui-los para uma das salas de segurança do aeroporto. Fernanda parecia bem mais disposta à falar do que o parceiro dela, um homem de certa idade e de ar bastante sério. As suspeitas de Luke estavam certas, ao chegarem na saleta, a policial abria uma pasta de arquivo que continha fotos dos feitos 'justiceiros' de Luke.  

-- Eu sou a policial Fernanda e este é meu parceiro Jonas, parece que o senhor andou bastante ocupado não é mesmo... dizem por ai que até se envolveu em lutas... reconhece as pessoas dessas fotos?

A policial abria um sorriso confiante enquanto o outro policial, parceiro dela, puxava uma cadeira e sentava-se à frente de Luke, ele parecia ser um senhorz preste a se aposentar, mas seu tom de voz ainda tinha um ar agressivo e olhava para Luke de forma feroz feroz, O garou podia sentir um cheiro familiar de lobo vindo dele. Ele estava entre seus irmãos garou, ao menos o policial .



-- Garoto você deixou muitos rastros por ai...você teve sorte que eu peguei o seu caso, se fosse outro.. hunf... já estaria num zoológico humano rapidinho. Devia controlar melhor sua raiva...

A policial mostrava várias imagens e laudos médicos das vítimas de Luke, ele sentia um cheiro bem mais leve de lobo nela, provavelmente era uma parente.

-- Seu DNA, imagens de câmeras de segurança, testemunhas que o viram próximo aos locais dos crimes... muitas provas para limpá-lo...mas...daremos um jeito... se você nos ajudar num caso...  

-- Parece que um filhote decidiu que bancar o batman era uma boa ideia e seguiu os seus passos, tentei ter essa conversa com ele, mas ele está desaparecido no momento e sem uma denuncia formal, inviabiliza o uso do efetivo policial para procurá-lo e sem falar que não queremos envolver os humanos nisso. E é ai onde você entra, ele está se inspirando em você... seguindo os seus passos e como agora você é um Cliath, já está na hora de consertar suas mancadas...

A policial mostrava a foto do jovem para Luke, ele notava que o filhote era um jovem como ele: arrogante e com uma cara de desajustado juvenil. Ela começava a relatar o que até então eles sabiam sobre o jovem.  



-- Seu nome é Lucas Freitas, matou os pais em suas primeira transformação, largou a escola no começo do ginásio e mesmo na seita, ele tem um histórico de violência para com seus irmãos. Ele desapareceu quando encontrou-se com esse homem, não sabemos muito sobre ele e tampouco a ligação que eles tem um com o outro, apenas que possui um codinome temido no submundo de: Patrocinador. Ele está envolvido em vários esquemas ilegais, desde roubos à lutas ilegais. Bem... é ai onde você entra, bate numa pessoas e arraste o filhote de volta ao Caern sem deixar muita sujeira no caminho.



-- Eu poderia ir, mas estou velho demais para isso... e você é o único da seita que tem experiencia em casos assim. Eu posso lhe ensinar a controlar sua raiva, pois para mim é vital para lidar com situações tensas sem me render à fúria, mas é fácil fazer isso num tatame... a prova de fogo é manter a cabeça no lugar enquanto estar no inferno... então garoto, acha essa troca um tanto justa para esse trabalho?
avatar
Cetza

Mensagens : 159
Data de inscrição : 25/03/2017
Idade : 32

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luke Duran - Entre a Fúria e a Paz

Mensagem por Luke Duran em Sab Nov 04, 2017 9:35 pm

Luke estava apreensivo de inicio e não diria nada que confirmasse sua culpa.

-- Eu sou a policial Fernanda e este é meu parceiro Jonas, parece que o senhor andou bastante ocupado não é mesmo... dizem por ai que até se envolveu em lutas... reconhece as pessoas dessas fotos?
-- Não to lembrado não, nunca nem vi!
-- Que dia foi isso ?

Spoiler:

Mas ao decorrer da situação, ao perceber que os policias eram garous e não estavam na intenção de prejudica-lo, Luke esboçou um sorriso de alivio e acenava com a cabeça concordando com o que lhe era dito.

então garoto, acha essa troca um tanto justa para esse trabalho?
Contem comigo!! Como começamos ?
avatar
Luke Duran

Mensagens : 81
Data de inscrição : 26/03/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luke Duran - Entre a Fúria e a Paz

Mensagem por Cetza em Seg Nov 06, 2017 10:27 pm

Fernanda entregava para Luke um folder com algumas fotos e documentos, todas referente a uma academia conhecida na região, o Centro de Treinamento Nagata de Artes Marciais. Ela começava a falar sobre o que Luke deveria fazer e os cuidados que ele devia ter. Jonas apenas observava o jovem garou, temia que ele falhasse e colocasse tudo a perder.



-- Essa é uma das academias em que temos suspeitas, ao que parece o Patrocinador investe nas academias que fornecem bons lutadores. Seu trabalho é simples.. se infiltrar, ganhar a confiança deles e conseguir ter acesso às lutas ilegais. Acreditamos que o filhote Lucas está trabalhando diretamente com o Patrocinador, por ele ser um garou... obviamente se mostra um bom investimento.

Jonas se levanta da cadeira imaginando que talvez encher a cabeça daquele jovem com inúmeros problemas policias não fosse adequado.
-- Então garoto, alguma dúvida antes de partir? Senão venha comigo, iremos ao Caern, será mais fácil treinar lá...
avatar
Cetza

Mensagens : 159
Data de inscrição : 25/03/2017
Idade : 32

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luke Duran - Entre a Fúria e a Paz

Mensagem por Luke Duran em Qua Nov 08, 2017 4:16 pm

Luke estava decidido a ajuda-los mas algo o tornava receoso:

-- Tenho certeza que dou conta do serviço! Lutei a vida toda, e vencer não é problema para mim. Mas tenho receio de lutar com humanos, tanto quanto garous muito mais fracos fisicamente, pois meus treinamentos me renderam força suficiente para matar mesmo involuntariamente.
-- Se puder me ajudar com isso, vamos começar!


*Luke se levanta da cadeira prontamente para acompanhar Jonas*
avatar
Luke Duran

Mensagens : 81
Data de inscrição : 26/03/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luke Duran - Entre a Fúria e a Paz

Mensagem por Cetza em Qua Nov 15, 2017 10:16 am

(Fernanda) -- Mortes devem ser evitadas, pois isso acabaria chamando a atenção dos humanos.
(Jonas) -- Acho que ele entendeu, apenas não vire um lobo com mais de dois metros e faça um banho de sangue que tudo dará certo.... Jonas não mais dizia palavra alguma, ele apenas se despedia de sua parceiro e pedia para que ela inventasse alguma desculpa pois iria ficar com Luke e prepará-lo para a missão. Jonas acendia um cigarro e se dirigia ao estacionamento do aeroporto

* *


Jonas e Luke desciam até o estacionamento, o local era um tanto vazio havendo poucos carros e um ou outro casal namorando num canto escuro. Jonas se dirigia até um carro um tanto antigo e entrava fazendo um sinal para que Luke entrasse.  


-- Iremos para a seita, tem um local tranquilo lá onde poderemos treinar em paz onde a pacífica pomba pode aparecer para nós. Haa, ela é um espírito da paz então tente ser um pouco mais calmo enquanto ela te ensina, está bem... Seria complicado para nós se ela se sentisse ofendida ao ver um garou em fúria.

Ditas aquelas palavras, Jonas seguia para o interior onde se localizava a seita da Pantera noturna. Luke já estava acostumado com aquele caminho, porém o velho carro seguia ainda mais para o interior da seita parando numa pequena construção em madeira e taipa de mão.


Jonas parava com o carro próximo da pequena casinha, ele se alongava um pouco e Luke podia ouvir uma série de pequenos estalos. Jonas saía do carro e respirava fundo sentindo o ar puro do campo.
-- Está pronto Luke? É bom aliviar um pouco da tensão antes de começarmos, mas... não se esqueça Luke...
mesmo sendo um dom simples, é bem diferente de usá-lo num local calmo e tranquilo como aqui à um ringue de luta... tenha isso em mente. Agora, vamos começar?  
avatar
Cetza

Mensagens : 159
Data de inscrição : 25/03/2017
Idade : 32

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luke Duran - Entre a Fúria e a Paz

Mensagem por Luke Duran em Qui Nov 16, 2017 2:25 am

(Fernanda) -- Mortes devem ser evitadas, pois isso acabaria chamando a atenção dos humanos.
(Jonas) -- Acho que ele entendeu, apenas não vire um lobo com mais de dois metros e faça um banho de sangue que tudo dará certo....

Luke fez que sim com a cabeça, e acompanhou Jonas ao estacionamento.

Durante a viagem estava meio disperso e com frio na barriga, pois tinha flashes o tempo todo, de sua juventude inglória nas ruas. Lembrava da ira constante, do derramamento de sangue, da selvageria, e de toda sujeira que já limpou, sua cabeça estava uma bagunça.

-- Iremos para a seita, tem um local tranquilo lá onde poderemos treinar em paz onde a pacífica pomba pode aparecer para nós. Haa, ela é um espírito da paz então tente ser um pouco mais calmo enquanto ela te ensina, está bem... Seria complicado para nós se ela se sentisse ofendida ao ver um garou em fúria.

-- Ok. Disse ele, agora ainda mais nervoso.
"Nunca fui muito bom com pombas... espero que tudo de certo"

Jonas parava com o carro próximo da pequena casinha, ele se alongava um pouco e Luke podia ouvir uma série de pequenos estalos. Jonas saía do carro e respirava fundo sentindo o ar puro do campo.
-- Está pronto Luke? É bom aliviar um pouco da tensão antes de começarmos, mas... não se esqueça Luke...
mesmo sendo um dom simples, é bem diferente de usá-lo num local calmo e tranquilo como aqui à um ringue de luta... tenha isso em mente. Agora, vamos começar?  

O ar puro e a natureza deixava o ambiente menos pesado, mas não era o suficiente. Luke sentia cada batida de seu coração, seus nervos estavam à flor da pele, e sentia a contração de seus músculos, mas estava focado e sua força de vontade era uma das suas melhores dádivas.
-- Estou!! Vamos começar.
avatar
Luke Duran

Mensagens : 81
Data de inscrição : 26/03/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Luke Duran - Entre a Fúria e a Paz

Mensagem por Cetza em Sab Nov 18, 2017 12:32 pm

Jonas suspirava fundo e entrava na pequena casa, Luke notava que o local era como um pequeno templo rudimentar. Jonas retirava um pequeno embrulho e o abria diante de Luke. Ele via que que Jonas trazia consigo uma pequena flauta indígena, uma que parecia ser comprada em qualquer lojinha de souvenir, porém algo nela era diferente, ele notava um desenho esculpido no instrumento, era um glifo garou que significava 'Paz'.



-- Uma última instrução, espíritos são caprichosos' na hora de passar seus segredos. Bem... esteja pronto...

Ditas aquelas últimas palavras, Jonas esperava que Luke respirasse fundo e deixasse se levar pelo o ambiente pacífico daquele lugar... quando de repente Luke podia ouvir o som da flauta dominando todo o lugar, ele podia sentir o seu coração dando o ritmo do suave som como se todo o seu corpo entrasse em sintonia. A mente de Luke ficava entorpecida como se estivesse ficando devagar, era como se seu corpo não fosse mais dele.... ele nem percebia que havia mudado de forma, ficando em sua forma guerreira, Luke podia sentir o som de asas ressonando por detrás de sua cabeça. Ao se virar ele via uma pomba esplendorosa pousar atrás dele. Luke jamais sentira tanta pureza, fragilidade e poder num único ser antes. Jonas mantinha-se em transe enquanto tocava a flauta para a pomba, enquanto o pequeno ser pousava na base da escada do pequeno templo de madeira e falava diretamente para Luke.  




-- Então esse é o lobo que quer não mais agir como lobo. Um lobo não pode deixar de ser um lobo, você não consegue entender... Um predador não pode deixar de ser um predador sem antes aprender a ser uma presa...
Luke ficava diante de seu primeiro desafio, lidar com um espírito pacífico. As palavras da pomba reverberavam na mente de Luke como uma memória intermitente drenando sua vontade e determinação, parecia que a própria pomba instigava o predador interno de Luke soltasse e lhe triturasse com suas presas poderosas. Jonas apenas mantinha o transe a música para manter a pomba ali com eles.

---------------
Bem Luke esse é um desafio interpretativo, entenda que eles são seres conceituais e por isso limitados por esse próprio conceito. Então mesmo sendo um espírito amigo dos lobos, ela não vê motivos para ensinar esse dom a um lobo. Lobos precisam entender o motivo de ser pacífico... se é que isso faz sentido para você Very Happy
avatar
Cetza

Mensagens : 159
Data de inscrição : 25/03/2017
Idade : 32

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum