Ulf Svein - Ahroun - Fenrir

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ulf Svein - Ahroun - Fenrir

Mensagem por GAIA em Seg Abr 03, 2017 9:11 pm

Nome do Personagem: Ulf Svein
Nome Garou:Ulf, Garras da fúria
Nome do Jogador:Milton Viziak

Raça:Hominídeo
Augúrio e Aspecto:Ahroun, Lua Minguante
Tribo:Fenrir

Natureza:Predador
Comportamento:Solitário
Conceito:Mercenário
CARACTERÍSTICAS:

Idade:16
Nacionalidade:Escandinavo
Cabelos:Preto
Raça:Hominídeo
Olhos:Pretos
Sexo:Masculino

Descrição:
.......................Altura:........................................... Peso:
Hominídeo:.......1,90m........................................... 77 kg
Glabro:.............2,05m.......................................... . 135 kg 1*
Crinos:.............2,85 m........................................... 380kg 2*
Hispo:.............. 1,70 m............................................... 370 kg 3*
Lupus:.............0,95m............................................. 38kg 4*


Atributos
Físicos 7
- Força: 3
- Destreza: 4
- Vigor: 4 (Persistente)

Sociais 3
- Carisma:2
- Manipulação:2
- Aparência:2

Mentais 5
- Percepção:2
- Inteligência:3
- Raciocínio:3

Habilidades

Talentos 13
Prontidão:2
Esportes:2
Briga: 3
Esquiva: 3
Empatia:
Interpretação:1
Intimidação:2
Inst. Primitivo:2
Crime:
Lábia:

Perícias 9
Empatia c/Animais:
Arqueirismo:1
Artesanato:
Protocolo:
Liderança:1
Armas Brancas:3
Atuação:
Cavalgar:1
Furtividade:
Sobrevivência:3

Conhecimentos 5
Acadêmicos:
Enigmas:
Investigação:1
Direito:
Linguística:1(lingua nativa:Escandinavo, Inglês)
Medicina:2
Ocultismo:
Política:
Rituais:1
Ciência:


ANTECEDENTES (5 pontos)
Ancestrais 5
Fetiche 2
Detalhes sobre Antecedentes:
Niels Svein seu pai e ancestral.
Niels Svein era seu pai, tinha 40 anos e foi um grande lider e guerreiro.
Ensinou tudo o que podia para Ulf seu filho mais novo, desde como sobreviver e principalmente a lutar.


Dons: 3 Dons de Nível 1

- Tribo = Mão do Guerreiro
- Raça = Mestre do Fogo
- Augúrio = Garras Afiadas

Rituais:

Manobra Especial:
Mandíbula de Ferro:

O Garou cerra as mandibulas no pescoço de um alvo, não para matar, e sim para imobilizar. Este ataque só pode ser executado por trás ou por cima de um oponente, de modo que o atacante possa usar todo o peso de seu corpo a seu favor. O atacante deve primeiro ter sucesso numa mordida, com uma penalidade igual a +1 sobre a dificuldade. Em vez de lançar os dados para avaliar o dano, entretanto, o atacante e o defensor deve ambos fazer um teste resistido de Força + Esportes. Se o atacante vencer, ele forçará o alvo contra o chão e o manterá assim. Se perder, o atacante não conseguirá imobilizar o alvo, mas a mordida poderá infligir dano normalmente.
O personagem imobilizado pode tentar escapar em sua próxima ação. O jogador que o interpreta deve testar Força + Briga (dificuldade igual a Briga +4 do oponente) num teste resistido contra Força + Briga do atacante (dificuldade igual a Briga + 2 do defensor). Se falhar, o defensor permanecerá imobilizado. Ele escapará se conseguir igualar o número de sucessos do atacante, mas receberá uma quanidade de dano igual ao número de sucessos do atacante (que ele poderá absorver). Se obtiver mais sucessos que o atacante, ele escapará sem maiores danos.
Exemplo: A luta "de brincadeirinha" entre Presa e Camnha já não é tão de brincadeira. Cansado do espernear de seu oponente, Presa prende Caminha numa mandibula de ferro. Caminha não gosta dessa reviravolta nos acontecimentos e tenta escapar. Ambos os jogadores fazem teste de Força + Briga por seus personagens. Os dois têm Briga 4 e, portanto, Presa tem uma dificuldade igual a 6 (Briga + 2 de Caminha) e Caminha tem uma dificuldade igual a 8 (Briga + 4 de Presas). Os dois jogadores obtêm três sucessos. Caminha escapa, mas tem de absorver três níveis de dano agravado. Ele o faz com facilidade e decide dar fim à luta-treino antes que as coisas piorem.


Empregável por: Crinos, Hispo e Lupinos
Teste: Destreza + Briga Dificuldade: 6
Danos: Especial
Ações: 1


FÚRIA: 7
GNOSE: 3
FORÇA DE VONTADE: 9
POSTO: 1


RENOME
- Glória
Permanente: 4
Temporária: 2
- Honra
Permanente: 2
Temporária: 5
- Sabedoria
Permanente:1
Temporária:0

Vantagem de tribo:
Pele de Fenris:
Pele de Fenris
Os Crias de Fenris são alguns dos guerreiros mais duros de todas as Tribos, a formação do Ritual de Passagem de um Cria é duro o suficiente para matar um jovem Garou de outra tribo, ou o deixa-lo mais forte. Uma razão para isto é a pele espessa deles. Um Crias de Fenris ganha um nível de vitalidade adicional Escoriado em todas as formas, que se mantém independe de quaisquer bônus extras como Corpo Grande ou uso e Dons.

Fraqueza Tribal:
Intolerância:
Intolerância (a definir)
Os Fenrir crescem aprendendo uma lição: nunca se sujeite a ninguém. Nunca se renda. Como resultado, cada Fenrir tem pelo menos uma coisa que odeia, algo que não consegue engolir. Em situações em que isso entre em jogo, o Fenrir pode tentar se livrar desta presença a todo custo. Objetos comuns de intolerância para esse período incluem: covardia, avareza, fraqueza, sarracenos (isso inclui muitos Peregrinos Silenciosos) ou até mesmo humanos de uma forma geral. O Narrador deve decidir se vampiros podem ou não ser alvos dessa intolerância dependendo da crônica e seus objetivos. Criaturas da Wyrm não podem ser alvo de intolerância (os Fenrir já as odeiam naturalmente).


Equipamento e Bem Possuídos:Roupa, bota, uma mochila com alguns mantimentos.Espada e uma armadura.
Spoiler:


História:
Ulf era um nobre da família dos Svein, uma das casas com a maior quantidade de terras no reino e apesar de ser nobre, seu pai Niels sempre exigia muito de filho, nunca passou a mão na sua cabeça e com isso aprendeu varias coisas desde pequeno, desde técnicas de sobrevivência a primeiros socorros.Não lembra de ter uma mãe, a história que seu pai conta é que ela tinha morrido com o seu nascimento.
Aprendeu desde pequeno a lutar e a usar a espada, só tinha um detallhe a espada era sempre maior que o corpo dele, acostumara desde pequeno com isso.Suas mãos calejadas de tanto praticar o fizeram mais forte ao logo do tempo.

Com 12 anos seu pai ja o levou para o campo de batalha.Todo aquele sangue e aquela gritaria dos homens lutando o deixaram um pouco apavorado, mesmo assim tentou lutar e se deu mal, se não fosse a proteção de seu pai, estaria morto.Depois dessa batalha treinou muito mais para não passar por isso de novo e nem precisar que salvassem sua vida novamente.

***********

Antes da queda do rei, conforme as vontades dele se tornavam mais estranhas e sua corte se enchia de feiticeiros e charlatães, a casa dos Svein foi a primeira a se levantar contra a ganância do trono. Não mais dispostos a prestar obediência e fidelidade, eles enviaram 2 mil espadas contra a capital, onde foram dizimados.E então vieram os dentes por trás do velho ditado: Quando você atinge um rei no pescoço, era melhor que você tivesse lhe arrancado a cabeça. Enfurecido pela traição, o rei exterminou a ampla linhagem dos Svein, poupando apenas o senhor da casa Niels e seu filho mais novo, Ulf. Perante toda a corte real, com o desgraçado Lorde acorrentado ao ornamentado piso de mármore, e sendo torturado pelo rei,com seu filho Ulf assistindo tudo aquilo,derepente Ulf foi tomado pela furia e se transformou em um monstro, parecia um lobo.Os primeiros guardas que avançaram foram estraçalhados, o piso de mármore foi pintado de vermelho e tudo mundo no salão ficou apavorado, menos seu pai que dava gargalhadas ao ver todo mundo ser morto pelo seu filho.Depois da chacina, saiu correndo para fora do castelo e não foi mais visto naquele reino.Na mesma noite ainda no castelo, Lorde Svein ainda ria em seus grilhões quando o Rei o atravessou com a espada.

Na manha seguinte Ulf amanhaceu sem roupa, rodeado por 4 pessoas explicaram tudo que aconteceu para ele.Eles eram mercenarios e como Ulf não tinha mais ninguem decidiu ficar com eles por um tempo.Um deles entregou uma roupa e fez um tipo de oração:Agora suas roupas e armaduras estão “dedicadas” e lhe acompanharão nas mudanças de forma e nas entradas ao mundo espiritual.Fez muitas missões com eles e aprendeu varias coisas do mundo garou até que chegou a época de fazer o que era chamado rito de passagem da tribo chamada fenrir.Guerreiro duros e ferozes constantemente testados para sempre manter suas habilidades afiadas.

O ritual era ficar amarrado em uma arvore por 3 dias, nu, sem agua e sem comida.E durante todo esse tempo levaria chicotadas e pedradas.Depois desse tempo, se Ulf tivesse resistido quieto, não demonstrasse dor nenhuma e nem se rendesse ou pedir para pararem ele seria aceito e foi isso que Ulf fez.Resistiu os 3 dias sem dar um pio, não importava as pedradas ou chicotadas que levava, ele demonstrava ser forte e persistente e que era digno de se tornar um fenrir.Quando terminou estava fraco, porém passou no teste e foi aceito na tribo fenrir.Terminado tudo isso deixou aquela matilha e foi viajar e lutar contra a wyrm.
INVASÕES BÁRBARAS:
Ulf atendeu o chamado da Seita do Leão de Prata e ajudou a defender o caern e a cidade de invasores nortenhos influenciados pela Wyrm.


EXPERIÊNCIA
XP ganho como Jogador = 13 acumulados (Gasto 12 / Sobrando 1)
XP ganho como Narrador = 0 acumulados (Gasto 0 / Sobrando 0)

HISTÓRICO DE GANHOS:
13 xps por jogar a crônica Invasões Bárbaras no 4° ciclo de 2016

gastos do 4° ciclo 2016:
13 Pontos
Gasto 12 pontos para destreza de 3 para 4
Guardo 1 ponto.
avatar
GAIA
Admin

Mensagens : 340
Data de inscrição : 05/07/2016

Ver perfil do usuário http://lobisomemrpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum